- O Garganta de Fogo - http://blog.karaloka.net -

Unidade Prata

Semanas após iniciar meu livro Eu odeio terráqueos!! [1], encontrei e li o livro on-line Unidade Prata [2] de um certo Aldomon. Embora fique claro que o autor não tem pretensões literárias, verdade é que – pelo menos para quem vê o mundo mais ou menos como eu vejo – o livro empolga como um Júlio Verne. E o elemento fantástico é o seguinte: Aldomon afirma ser tal livro sua autobiografia. De um cara nascido no estado de Goiás creio que o vulgo esperaria algo, digamos, “country”, uma coisa meio Leandro&Leonardo. Só que o que lemos é a história de como ele, Aldomon, chegou a descobrir quem ele realmente é (ou diz ser): o comandante de uma nave mãe – a Unidade Prata (integrante da frota liderada pelo ser arcangélico Ashtar Sheran) – encarnado na Terra com o intuito de esclarecer os objetivos de tão improvável comando extraterrestre. Se minhas pretensões com meu livro tivessem alguma semelhança com o que ele faz ali, eu morreria de inveja. Porque o livro dele dá ou um puta filme de ficção científica ou um excelente mangá. (Aliás, pretendo adaptá-lo para roteiro.) O contraste entre sua morgação diurna – típica do adolescente sem rumo – e suas várias tarefas noturnas – em projeção astral e a bordo de naves e cyberarmaduras – é realmente digno de cinema. Ou de vídeo-game.

“Peraí, e o que ele diz é verdade?”

Bom, se fosse, ele seria quase um Neo (Matrix), só que sem a prepotência messiânica, já que afirma serem muitos os ETs infiltrados por aqui.

“Pô, cara, você não respondeu: é verdade ou não é?”

Vai saber…

Posts relacionados

Comments Disabled (Open | Close)

Comments Disabled To "Unidade Prata"

#1 Comment By felipe On 15/10/2006 @ 3:28 am

opa e ae kra.. a respeito do livro unidade de prata,q vc cita acima,eu tinha começado a le-lo so que eu ainda n terminei,tinha parado na parte 5,e onde eu tava lendo q era online em um site ele n esta mais la..
se vc pode dps me enviar o link pr onde vc o leu eu serei grato 🙂 tenho interesse d termina d ler esse livro.. bem interessante ele ne ^^
abraço aguardo sua resposta 🙂