02/09/2003

Que Santiago de Compostela que nada!!

yuri vieira (SSi), 6:32 pm
Filed under: Livro de Urântia

Já estou até vendo os novos pacotes turístico-religiosos que surgirão por aí: faça você também a mesma peregrinação que Cristo fez com os indianos Gonod e Ganid!

E, no folheto, nos informaremos sobre o roteiro:

De Jerusalém foram eles para Cesaréia, pelo caminho de Jopa. Em Cesaréia pegaram um barco para Alexandria. De Alexandria navegaram até Lasea em Creta. De Creta navegaram para Cartago, com escala em Cirene. Em Cartago tomaram um barco até Nápoles, parando em Malta, Siracusa e Messina. De Nápoles eles foram a Cápua, de onde viajaram pela Via Ápia até Roma.

Após a estada em Roma eles foram por terra até Tarento, de onde içaram velas para Atenas, na Grécia, parando em Nicópolis e Corinto. De Atenas foram para Éfeso, via Troas. De Éfeso velejaram para Chipre, parando em Rodes no caminho. Em Chipre permaneceram um tempo considerável visitando lugares e descansando e então velejaram até Antióquia, na Síria. De Antióquia seguiram para o sul até Sidom e dali para Damasco. De lá viajaram em caravana para a Mesopotâmia, passando por Tapsacos e Larissa. Passaram algum tempo na Babilônia, visitaram Ur e outros lugares e então foram para Susa. De Susa continuaram até Charax, de onde Gonod e Ganid embarcaram para a Índia. (fonte)

Com um trajeto desses quem é que ainda vai querer ir a Santiago de Compostela? Aliás, cá entre nós, esse encontro, em Roma, de Jesus com o Imperador romano extrapola a imaginação de qualquer escritor ou roteirista que já tenha se aventurado a narrar a vida do Mestre dos mestres:

Posto que Gonod trazia saudações dos príncipes da Índia para Tibério, o governante romano, ao terceiro dia depois da sua chegada em Roma, os dois indianos e Jesus apareceram diante dele. O taciturno imperador estava inusitadamente alegre nesse dia e conversou longamente com os três. E, quando eles tinham saído da sua presença, o imperador, referindo-se a Jesus, observou para o ajudante de pé à sua direita: “Se eu tivesse essa sua postura de rei e suas maneiras graciosas, eu seria um imperador de fato, não achas?” (fonte)

Pô, se alguém aí quiser fazer essa viagem e precisar de uma companhia agradável, cheia de bons papos, que leve a vida espiritual a sério, entre em contato com este escritor duro que vos fala. Talvez eu já não esteja tão duro na ocasião. 🙂

[Ouvindo: My Way – Sex Pistols]

Posts relacionados

Mais posts:

« « O Livro de Urântia em português| Agente literário » »




No Comments

No comments yet.

Sorry, the comment form is closed at this time.




Add to Technorati Favorites



Blogarama - The Blog Directory








83 queries. 0.572 seconds. | Alguns direitos reservados.