28/07/2005

A despedida

yuri vieira, 8:50 pm
Filed under: interiores,memória,Religião

Coube a mim fazer o panegírico, de improviso, diante de parentes, amigos e desconhecidos, à minha avó materna, em seu funeral. Eu nunca havia discursado ao lado de um caixão, quanto mais do caixão de uma pessoa amada. O Espírito baixou e, ao contrário dos demais, já nem me lembro do que disse. Foi uma experiência metanóica.

Posts relacionados

Mais posts:

« « Float, Margin e IE| Audiobookização » »




1 Comment

  1. lu et escreveu:

    como assim metanóica?
    estás a iniciar nova carreira?
    beijo da lu

    Comentário de 29-7-2005 @ 10:33 am

Sorry, the comment form is closed at this time.




Add to Technorati Favorites



Blogarama - The Blog Directory








84 queries. 0.619 seconds. | Alguns direitos reservados.