O Garganta de Fogo

blog do escritor yuri vieira e convidados…

Saudade do Boris Casoy

Cada vez que assisto a algum telejornal, sinto dores de saudade do Boris Casoy. Obviamente não concordava com tudo o que dizia no Jornal da Record, mas era – longe, longe (e espero que continue sendo) – o melhor âncora da TV brasileira.

Ano passado, Casoy declarou que o governo federal (isto é, o PT) ameaçara retirar da emissora, caso ele não fosse demitido, sua verba publicitária. E agora a Record alega que pretende reformular o formato do telejornal pois não estava lucrando o suficiente… com ele.

E, por enquanto, fora o Dennis Munhoz, superintendente jurídico da Rede TV!, ninguém parece muito disposto a contratá-lo. É um desserviço para o país ou, em outras palavras, uma vergonha.

Veja os comentários ao vídeo no You Tube.

Anteriores

Transparência Eleitoral

Próximo

Patrulha Ideológica

38 Comments

  1. lucieni andrade cais

    também sinto saudades do jornal do Boris, o Boris tem que continuar sua cruzada contra a farsa e fraude que é o governo Lula/PT. Fala Boris !!!!!

  2. Gregório Sodré

    Onde o Boris está? Estou procurando um telejornal independente. Certamente ele foi demitido da Record por suas campanhas contra o tabaco e isto deve ter ferido profundamente o “CHARUTO CUBANO” e seus usuários.

  3. Maria Isabel

    Tanbém me sinto orfã, o jornalismo na TV sem o Boris é mediocre, tudo igualzinho…por onde anda o Boris, com a saída do Nascimento na BAND, ele bem que poderiair para lá!!!

    Em fim estou triste…e com saudades do Boris!

  4. Patrícia

    Realmente, é uma vergonha este país! Quando poderemos dizer que vivemos numa democracia? Saudades do Boris!

  5. Marcia OLIVEIRA

    Que falta,tambem,me faz o BORIS.Não posso ver um tele jornal sem opinião, omisso ou comprometido.Atualmente vejo Marcelo Rezende na REDE TV que tambem se mostra corajoso, mas
    que infelizmente é novato nesta área.Gostaria de participar de um abaixo assinado para que Boris possa voltar antes de a canalhada desocupar a área em 2007.

  6. Douglas

    Boris é a notícia real, passada de maneira sincera e justa, seus comentários falam da realidade de nosso país e com certeza incomoda a muita gente, o telejornal sem Boris Casoy é vazio e pobre !!

  7. Silvana

    Sinto muita falta do Boris,e acho uma vergonha que um governo que se diz democratico e popular tenha usado de sua influencia financeira para pedir o afastamento de um dos melhores e mais verdadeiros ancoras do Brasil!!!

  8. Marcelo

    Se o pt pagou 5 paus para o ratinho falar bem do partido ganto sera que a REDE RECORD não ganhou???HAJA MADEIRA!!!!
    ISSO É UMA VEWRGONHA!!!

  9. edvaldo

    amigos e amigos

    o ancora bors casoy é e sempre
    o melhor jornalista deste país . é evidente
    que temos tambemm uma lista de ancoras
    como:
    marcelo resende. roberto cabrini…
    mas boris casoy mostrou e sentiu como
    é um cidadão sem justiça neste país
    com desmando.
    portanto O BORIS CASOY TEM QUE VOLTAR PRA TV.
    PRA MUDAR ESTE ATRAVES DE INFORMAÇÃO A POPULAÇÃO…

    ABÇOS
    EDVALDO

  10. Anatoly Kapsukayan

    Boris Casoy foi alvo de mais uma iniciativa autoritária dos pseudocomunistas do PT, gente arrogante que se diz “simples” ou como está na moda “de origem humilde” mas que se identifica com a violência (vide MST) e com a truculência. Espero ansiosamente que este acontecimento não incentive os jornalistas que sobraram à televisão brasileira a se curvarem ao atual governo (Lula) ao mesmo tempo incompetente e autoritário.
    Anatoly

  11. edvaldo camargo

    olá gente do gd.
    tudo bem muito boa tarde
    pra todos

    acabei de ver nosso amigo boris casoy
    esta´aqui no shopping. btendo papop
    com pessoa que conheço
    fica aqui no shpopping tambore
    baureri-sp
    tomando cafe junto com ele .. ok.

    tudo isso as 17;30 HS DO DIA
    13/03/2006

    abços
    EDVALDO

  12. Alfredo Strosser

    ISSO É UMA VERGONHA 08.01, 16h04
    por Juliano Schiavo Sussi

    Ele nasceu em uma família de imigrantes russos. Sua infância foi difícil, pois, ainda no seu primeiro ano de idade, contraiu poliomielite. Aos 9, foi levado aos EUA para fazer uma cirurgia em suas pernas, pois tinha dificuldade de andar devido à perna direita ser menor que à esquerda. Deu a volta por cima e iniciou seu histórico profissional na rádio em 1956, aos 15 anos.

    Entrou para uma Faculdade de Direito e, faltando seis meses para se formar, desistiu do curso. Seguiu seu coração: optou por atuar na área jornalística. Trabalhou nas rádios Piratininga, Santo Amaro, Panamericana e Eldorado. Na imprensa escrita, dirigiu a redação da Folha de S.Paulo (74 a 76 e de 77 a 88). No mesmo jornal foi editor de política e da seção Painel.

    Estreou na televisão em agosto de 1988, no TJ Brasil do SBT, até junho de 1997. Alguns estudiosos o têm como o primeiro âncora da TV brasileira – jornalista a quem é dada autonomia para apresentar, editar e comandar de forma independente a equipe que produz o telejornal.

    Ele também recebeu o Prêmio Rotary de Comunicação e foi premiado com o Troféu Imprensa de telejornalismo em 1992, 1993, 1994 e 2001. Foi o âncora do Jornal da Record de 14 de julho de 1997 até 30 de
    dezembro de 2005.

    Mas afinal, quem é ele?

    Ele é Boris Casoy, um crítico feroz da atual administração petista – uma administração que adora calar a imprensa – e teve seu contrato
    com a Record desfeito.

    Por que será?

    A presidência da Record relatou a Casoy que o governo não admitia críticas e que teria ameaçado corte de publicidade estatal no “Jornal da Record”, além de ter sugerido nomes para substituí-lo.

    Como o dinheiro fala mais alto no mundo capitalista, a direção da Record decidiu quebrar o contrato com o “simples” jornalista.

    Mais uma vez a administração de Luiz Inácio Lula da Silva dá mostras de que os “fins justificam os meios”.

    A quebra de contrato com o jornalista Boris Casoy demonstra que as bases do governo petista se estruturam na manipulação.

    Como diria Casoy: “Isso é uma vergonha!”.

  13. fernando

    Sou fã ardoroso do Boris Casoy. Hoje é dia 20 de março e não há sinais dele na TV. Alguem sabe se o Casoy vai voltar e para que canal? Já há algo nesse sentido? Vamos fazer um abaixo assinado para sua volta imediatamente!
    Esse ano de eleição ele não pode ficar de fora!

  14. Christina Leão

    Boris Casoy, cadê você estou aqui só p”ra te vê!!!!, o único jornal que eu conseguia assistir, espero que você volte logo. Abraços. Christina

  15. Ilka Fernandes

    Gente, estamos em ano de eleição, precisamos do Boris Casoy urgente, pois será o nosso porta-voz contra este governo que aí está.

    Casoy Já!!!

  16. Márcio

    Será que este país, não tem nenhuma emissora independente desse governo corrupto e irresponsável, que posso contratar o Boris para dizer verdades que não são ditas por jornalistas competetentes mas manipulados e impedidos de dizer verdades, pois se não terão o mesmo caminho (Rua) da Ancora da televisão brasileira o inesquecível e competente ¨Boris¨

  17. Sarita

    Está publicada na Isto É Gente uma entrevista com o Bóris. No meu entender, é a confirmação de que temos uma ditadura velada. Já havia ouvido comentários do Senador ACM (veja quem disse isto) que a Record fora obrigada a demitir o jornalista por pressão política. A revista confirmou este fato. O pior, conforme a entrevista, é que o Superintendente da record – Bispo Honorilton Gonçalves tratou o Bóris “como um bandido” está escrito desta forma na matéria. Como podem ver, a pizza está sendo distribuida a vontade. Todos os envolvidos nos escandalos conhecidos estão sendo absolvidos. E não existe ninguém com coragem para, ao menos, denunciar. Estamos sem a nossa voz. A verdade é que ninguém tem vergonha neste País.

  18. Alex

    Boa tarde,

    Sinto bastante saudades também das palavras verdadeiras desse homem honrado… Quem tem o e-mail do Boris Casoy?

  19. C Puzzi

    Pezado Sr. Casoy:
    Parabens. Sua atitude revela a grandeza e honestidade.
    Não mude de atitude.
    C Puzzi

  20. fernando

    Se não nos unirmos para ter o Boris de volta a TV vai ser difíil…

  21. Oracy Dornelles

    Acho Bóris Casoy um notável apresentador. Corajoso e honesto. Pena que esse tal PT ainda tenha influência nas TVs. Essa Record, do Macedo, não era prafrentex. Acho todos iguais; desespiritualizados… Avante,Bóris, és justo e perfeito e tudo c orrerá bem para a glória do universo. Mas não me traga a Saléti Lemos de volta.

  22. fernando

    A Salete Lemos é uma das maiores comentaristas economicas desse País. Além de conhecimento notável, é segura e independente, não ligada a setores bancários e entreguistas como a tal da Miriam Peidão, quer dizer, Leitão.. Se e QUANDO o Casoy voltar, que traga logo duas Saletes a tiracolo.

  23. Adriano

    sempre gostei do Bóris, mas desde o segundo mandato de FHC via que ele esbravejava muito mas nunca fazia uma crítica contundente, radical.

    Agora, com este governo ele esbravejou o tempo todo, por muito menos.

    sei bem qual é o clima geral que a mídia criou quanto a este governo, mas gostaria de chamar a atenção de vocês para o fato deste governo ter combatido sim a corrupção, embora não tenha eliminado. Os numeros recordes no comercio e a arrumação da casa pós FHC também estão de parabéns. esse clima de caça as bruxas é ruim pra nós e nosso povo.

    bóris nunca pediu o impeachment de FHC, e sobre ele pesam ainda suspeitas da casa de bilhoes de dólares, muito mais corrupção.

    Errou feio ao pedir impeachment em ano eleitoral. se respeita a democracia deixa que o povo decida!

  24. Dagmar Ferreira

    Posso enviar mensagem para o Boris, através deste espaço concedido por vocês?
    Sou uma velha amiga do Boris, desde a década de 70.
    Se for possível agradeço muitissimo.
    Podem enviar resposta para o meu e.mail.
    Obrigada
    Dagmar

  25. Daniel Souza

    Estou estupefato com a notícia da demissão de Boris, encomendada pela quadrilha que comanda, infelizmente, os destinos do País.
    Cadê a democracia. Por várias vezes me irritei com os comentários do Boris, quando ela metia o pau nos sem terra, mas o ouvia até o final porque ele estava exercendo o direito de manifestação do pensamento. A Record, ao demití-lo, pratica um atentado as liberdades democráticas e um crime contra o jornalismo sério e independente.

    Daniel Souza
    Imperatriz – MA

  26. amarildo

    ainda bem que esse filha da put..sumiu esse cara é um demente hipócrita assim como ele e mais um bando por ai que não são jorlista nem aqui nem na put…que pariu jornalista pra eu tem que ser imparcial

  27. Paulo Paiva

    Meu Deus, PutA que pariu! Esse tal de Amarildo é um boçal completo e acabado. Não sabe nem se expressar de forma correta em nosso idioma e ainda faz eu perder o meu tempo fazendo esse comentário inútil! Pfui!

  28. eu voce e todos nós

    caro

    amigos dO GD.

    QUE ME DESCULPEM VOCES PELAS PALAVRAS
    QUE DIGO AQUI CERTO..

    “”” MAS ESSE TAL DE AMARILDO DEVE TER
    A MÃE DELE ( NA ZONA) PRA TER TANTA
    RAIVA E ÓDIO ASSIM DE SI PRÓPRIO.
    QUE FIQUE BEM CLARO E EVIDENTE QUE CADA
    UMA FALA E EXPRESSA AQUILO QUE BEM ENTENDER
    CERTO, MAS PRA UM CIDADÃO FALAR DESTA
    FORMA DO ( JORNALISTA) BORIS CASOY

    DEVE SER LADRÃO TAMBEM OU PARENTES DO PESSOAL
    DO PT,,
    CONTO AQUI PRA DO GD. EM TODA MINHA VIDA
    ACREDITEI NO PARTIDO DOS TRABALHADORES)
    ( PT), MAS DEPOIS DESSE APARELHAMENTO QUE O PT TENTOU FAZER DESVIANDO RECURSOS DO SETOR
    PUBLICO ( OU MELHOR DINHEIRO NOSSO)
    MAS NUNCA MAIS IREI VOTAR NESSE PARTIDO,
    E MAIS VENDO AQUELA DEPUTADA DANÇANDO NO
    CONGRESSO DOS DEPUTADOS, COM A NÃO CASSAÇÃO
    DO DEPUTADO, FIQUE ENVERGONHADO E ENOJADO
    EM SER CHAMADO DE CIDADÃO BRASILEIRO, NUM
    PAÍS QUE TEM TANTA RIQUEZA. ESSES LADRÕES
    ACHAM QUE SÃO DONOS, E AINDA ESSE TAL DE AMARILDO FALA COMO SE FOSSE UM DÉBIL MENTAL
    MESMO..

    CONCLUSÃO: NUM PÁIS SÉRIO E EXTREMAMENTE
    CIVILIZADO QUE SE CUMPRA LEI MESMO, ESSES
    LADROES QUE AFANARAM, E SE AMEALHARAM DO NOSSO DINHEIRO ( ESTARIAM NA CADEIA) CUMPRINDO 40 ANOS DE PRISÃO, E MAIS NUNCA
    VOLTARIAM PRA VIDA PUBLICA E TERIAM QUE DEVOLVER TUDO QUE SE APODERAM DOS BENS DO
    POVO .

    PS, SÓ PARA LEMBRAR A TODOS AQUI DO GD,
    NO ESTADO DA GEORGIA ( EUA), UM CONDADO,DE LÁ
    NOTICIOU A REDE DE TV. E JORNAL BBC E CNN, E OUTROS CANAIS, QUE UM SENADOR FOI ACUSADO E COMPROVADO CORRUPTO, PENA PRA ELE, SERIA
    60 ANOS DE PRISÃO, ISTO MESMO 60 ANOS, MAS
    COMO COLABOROU COM PROMOTORIA PUBLICA
    PEGOU 40 ANOS DE CADEIA , E TEVE QUE DEVOLVER
    5 MILHOES DE DOLARES PLICADA PELO
    TRIBUNAL DE JUSTIÇA DAQUELE CONDADO, E AINDA
    MAIS NUNCA VOLTARA PARA VIDA PUBLICA, E NAÕ
    TERA RECURSO PRA SAIR ANTES DO PRAZO DA PRISÃO. ( A IDADE DO SENADOR PRESO É DE
    74 ANOS) VAI APODRECER NA CADEIA …
    É ISTO..

    EU VOCE E TODOS NÓS AQUI ..
    SÃO PAULO-SP

  29. EU VOCE E TODOS NÓS

    OLÁ

    AMIGOS DO GD.. ACABEI DE LER UM COMENTÁRIO
    QUE ESTA PSOTADO NO TAL BLOG.
    DO JORNALISTA ) ELIAKIM RUIM DE ARAUJO)
    ISTO MESMO ( RUIM MESMO , ALIAS SEMPRE
    FOI INCOMPENTENTE NA TV COMO JORNALISTA
    E NUNCA FOI !! ANCORA COMO BORIS CASOY).
    MUDANDO DE ASSUNTO AMIGOS ALGUEM PODE IR LÁ
    E ACESSAR O TAL DE BLOG DESSE SR. INSUPORTAVEL > ELIAKIM RUIM DE ARAUJO..
    ACESSE: http://WWW.DIRETODAREDAÇÃO.COM.BR OU

    VEJA O QUE O IMBECIL ESCREVEU:
    ESSE TAL DE ( RUIM DE ARAUJO ESCREVEU
    SOBRE O BORIS CASOU)..

    ACESSE O SITE DELE ESTA LA O COMENTÁRIO
    OK..

    É
    http://WWW.INTELLIBUSINES.COM.BR/DIRETODAREDACAO.COM.BR/NOTICIAS.

    ESTÁ EM NOTICIAS E COMENTARIOS DESSE
    PÉSSIMO JORNALISTA

    OK… GENTE ABAIXO SEGUE TRECHOS QUE ELE
    DISSE..

    Publicada em: 04/01/2006
    BORIS CASOY: A QUEDA DO MURO DE BERLIM
    .

    CASOY: A QUEDA DO MURO DE BERLIM
    .
    Não acredito nessa história de que Boris Casoy teve o contrato rescindido pela Record por interferência do Planalto, como andam espalhando. Aparentemente, é mais uma maledicência que tentam imputar ao governo do presidente Lula. Quem conhece os bastidores da emissora do bispo, sabe que era antigo o desejo da Record de se livrar do jornalista. Pelo menos desde julho último, este colunista, que vive longe da metrópole, sabia dessa intenção. O que aconteceu é que a emissora resolveu antecipar o desligamento, que estava previsto para fevereiro, logo após as férias do apresentador.

    Quem ganha e quem perde com a saída de Boris? Para um segmento limitado de telespectadores, que se acostumaram com os bordões do apresentador, ele vai fazer falta. Para esses, Boris era visto como um justiceiro implacável, a palmatória do mundo sempre pronta para bater nos corruptos e safados de toda espécie. Na época em que começou, a mídia escrita, especialmente a de São Paulo, de onde Boris tinha saído, louvou a novidade porque de certa forma sua ascensão representava um esvaziavamento dos apresentadores tradicioniais, de carinha bonita, formatados no Jardim Botânico. Boris logo ganhou a alcunha de âncora, como são chamados nos EUA os principais apresentadores dos telejornais, embora seu estilo nada tivesse a ver com o daqueles grandes e respeitados jornalistas do horário nobre como Peter Jennings, Dan Rather e Tom Brokaw (todos fora do vídeo atualmente por morte ou aposentadoria).

    Para a maioria, entretanto, o estilo Boris cansou. Seus comentários e frases feitas deixaram de ser novidade e acabaram se revelando vazios e inúteis, mais parecendo jogadas de efeito para agradar a torcida. O telespectador, que não é tão bobo quanto imaginam os editores do JN, acabou descobrindo que o jornal do Boris não iria salvar o Brasil e muito menos melhorar a vida do brasileiro. Boris deixou de ser novidade e perdeu o bonde da história ao não renovar-se profissionalmente, o que é fatal em televisão. Manteve-se fiel ao projeto lançado em 1988 quando inaugurou o Telejornal Brasil no SBT.

    Boris foi parar na televisão meio por acaso, graças ao olhar clínico de Marcos Wilson, profissional experiente que estava assumindo o departamento de jornalismo da emissora de Silvio Santos. Não conseguindo tirar nenhum apresentador da emissora dos Marinho, Marcos Wilson e sua equipe inovaram ao escalar um profissional que era a antítese do que o público estava acostumado a ver: um apresentador já passado nos anos, gorducho e de óculos. O anti-galã global, mas que trazia para a TV a credibilidade conquistada na mídia impressa, sobretudo na Folha de SP.

    Um desentendimento profissional entre criador e criatura, acabou originando uma grave divisão no jornalismo do SBT. Para abafar a crise, Silvio Santos deu a Boris o privilégio de ter sua própria redação, um núcleo independente do departamento de jornalismo da emissora com equipe própria. Surgia assim o primeiro “muro de Berlim” da TV brasileira. Repórter do TJ Brasil não podia entrar nos outros telejornais da rede e vice-versa. Era comum ver-se nas reportagens de rua, dois microfones com o logotipo do SBT, um do jornalismo e outro do jornal do Boris. Uma divisão inconcebível do ponto de vista empresarial e editorial.

    Em 1997, quando Silvio resolveu desativar o jornalismo do SBT, que não conseguia os dois dígitos que ele tanto espera, Boris transferiu-se para a Record, levando junto as mesmas virtudes e os mesmos defeitos dos tempos do SBT. Boris não agrega, ele divide. E exigiu montar sua própria equipe, praticamente a mesma que começou com ele, e um núcleo exclusivo que não se misturasse com os demais profissionais do jornalismo da emissora. Com o fim da era Boris, cai o “muro de berlim” para satisfação geral na redação da Record.

    A questão mais delicada que vejo na saída de Boris é a editorial. Discordando ou não de seus comentários, temos que admitir que Boris gozava de uma liberdade de opinião como nenhum outro apresentador da TV brasileira. Não está muito claro ainda até que ponto essa liberdade de Boris estava incomodando a cúpula da emissora ou, em última análise, da Igreja Universal. Já se anuncia que ele será substituído por um casal de apresentadores convencionais, nos moldes da Globo. Tudo indica que a Record ficou traumatizada com a passagem de Boris por lá e não quer mais um âncora com liberdade de opinião. Afinal, questões políticas e editoriais são extremamente “sensíveis” e o controle acaba mesmo nas mãos da empresa, como de resto acontece nas outras redes e na mídia brasileira em geral.

    O tempo dirá se a saída de Boris significa um retrocesso ou um avanço no telejornalismo brasileiro.

    QUEM FALU

  30. Antonio Melo

    Também sinto saudades do Boris, me parece que ele está num canal fechado do SBT. Agora se ele foi demitido por esse motivo citado acima, eu pergunto. Será que a ditadura acabou mesmo no Brasil?

    Antonio Melo

  31. Simoni Batista

    Não tenho palavreas para descrever o significado do jornalista Bóris Casoy para mim, com ele me sentia uma patriota, pois ele dizia tudo o que nós brasileiros tínhamos vontade de falar, mas infelizmente não tínhamos a tv ao nosso alcance. Gostaria de saber por onde anda e o que está fazendo meu querido e admirável amigo Bóris, queria ter seu e-mail para poder conversarmos, assim como fazíamos todas as noites. Bóris saiba que a tv e a política brasileira não é mais a mesma sem você!

  32. Wellington Holanda

    Isto e uma vergonha. que pais e este meu amigo como pode um homem como o bores ser demiti só por causa da verdade, verdade e coisa feia bores, se você fosse falso não estaria desempregado ate que ponto chegamos. O que e bom nunca dura o que não presta tem valor neste pais. E o Brasil gente.

  33. Julio Cesar

    Doa a quem doer, essa frase eu nunca mais me esquecerei, e nem o governinho petista. Brasil, o país da corrupção; onde o bem não vale a pena, e o mal sempre estará valendo. E analisando o que ocorreu para a Demissão de Boris, verificamos que a Frase Doa a quem Doer; doeu né lulinha.

  34. Anatoly Kapsukayan

    O governo Lula nunca mais precisou se explicar, é verdade, técnicas ditatoriais são muito eficientes, desde o assassinato do prefeito Celso Daniel até este silêncio ensurdecedor da imprensa sobre o afastamento de Boris Casoy.

  35. fernando

    ELE VOLTOU!
    PARA NOSSA SALVAÇÃO E DO BRASIL!
    DÁ-LHE BORIS!!!!!
    SAPO BARBUDO JÁ ERA!!

    http://www1.folha.uol.com.br/folha/ilustrada/ult90u70151.shtml

  36. dado

    O boris Casoy sumiu outra vez!
    Ontem, 10/09/o7 eu o procurei no seu telejornal da TVJB e no seu lugar tinha uma dupla cafona sertaneja.(desculpe o pleonasmo) De tempo em tempo eu voltava naquele canal pra ver se aquela merda já tinha acabado e começado o Jornal do Boris. Então, eis que cheguei durante o comercial e deparei-me com aquele slogan indecente “Brasil um país de todos” patrocinando a merda.
    Concluí, então, que o silêncio do Boris foi negociado outra vez. Estamos fudidos com a “democracia” petista!

  37. Ernani

    na minha opinião Boris Casoy é e sempre será o melhor jornalista que o Brasil tem. Pode ser, na minha singela opinião comparado a Fernanda Montenegro no teatro e na televisão. o máximo em jornalismo. Hoje temos um que pode com o tempo, quem sabe muito tempo se parecer com Boris Casoy. meu sonho é , um dia poder trocar algumas palavra com ele . mas sei que não estou à altura derealizar este sonho . Boris é e sempre será um ícone do jornalismo da televisão brasileira e , sem sombra de dúvidas , mundial.

  38. Peço desculpas a todos aqueles e aquelas que já deixaram aqui seus comentários a respeito de Boris Casoy. Sei e reconheço que é um grande e cheio de talento comentarista, jornalista e um formador de opinião nos nossos meios de comunicação. Pois é justamente por isso que venho manifestar minha opinião pública e decepcionada a seu respeito. Na última quinta, na Band News disse que “Graças a Deus que não estaríamos retrocedendo à Idade Média” no que se referia à votação sobre o uso de células-tronco embrionárias. Gostaria de manifestar que tal afirmação foi simplista por apenas dizer a sua opinião em canal de comunicação publica, formadora de opinião, sem esclarecimento de todas as proposições envolvidas na discussão. Creio que o ético, antes de se dizer o que quiser, seria, no mínimo, averiguar ambos os pontos de vista, para aqueles que ainda não sabem que o que se discute, na verdade, não apenas o avanço científico, mas a utilização de vidas humanas já existentes em cada embrião fecundado. Princípio ético universal: Na falta de conclusão sobre algo, se suspenda o juízo; portanto, para aqueles que não são simplistas em suas afirmações públicas, digo que o que se deveria suspender é o juízo errôneo na falta de uma conclusão sobre a real origem da vida humana, se esta se dá no momento da fecundação ou não. Portanto, antes de afirmar uma posição de potencial homicida, deveria-se averiguar bem e muito bem, todos os supostos e presupostos envolvidos!
    Minhas decepções quanto a isso
    Isso talvés seja realmente uma vergonha!

    Indignadamente,
    Luiz Maria de Barros Coelho Neto
    Graduando em filosofia

Os comentários estão desativados.

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén