- O Garganta de Fogo - http://blog.karaloka.net -

Meu amigo sofista

Sábado, fui à festa de aniversário dum amigo que é advogado criminalista. E também professor de direito. E, claro, geminiano ao estilo do meu cunhado, ou seja, às vezes não se sabe se está ou não falando sério. Conforme meu costume de ficar atéééé o fim da festa, às quatro e meia da manhã – a mulher dele já desmaiada no quarto, minha melhor amiga apagada no sofá, os demais convidados a caminho de suas casas – ficamos os dois discutindo mil e um temas para terminar em… política. (O que mais?) E o cara vem e me diz que votará no Lula. E começou a usar mil e um argumentos ladinos e contraditórios para defender sua causa. As contradições me irritavam tanto que, a certa altura, já não me lembrava da mania sofística do cara, essa mania de defender pontos de vista completamente absurdos apenas para representar o lado antitético do diálogo. Até agora não sei quando ele era e quando não era sincero, uma coisa espantosa. Enfim, a questão é que, às cinco, decidi ir embora e, enquanto abria a porta do carro, ele me disse: “Na verdade, vou votar no Lula porque nunca ganhei tão bem, estou cheio de clientes. Os crimes aumentaram tanto!”

“Hummmm, entendi”, resmunguei, enquanto ele ria da minha cara…

Posts relacionados

Comments Disabled (Open | Close)

Comments Disabled To "Meu amigo sofista"

#1 Comment By Vinicius On 29/05/2006 @ 10:41 am

Afinal, Marcio Thomaz Bastos foi seu professor? Pela confissão, parece que sim.

#2 Comment By pedro novaes On 29/05/2006 @ 5:14 pm

Você não sabe de quem está falando. Cuidado.

#3 Comment By yuri vieira On 29/05/2006 @ 10:16 pm

Pedro, vc está se dirigindo a mim ou ao Vinicius?

A propósito, Vinícius: esse meu amigo é mais novo do que eu uns quatro anos, nunca foi meu professor.
Abrazos!

#4 Comment By pedro novaes On 29/05/2006 @ 10:25 pm

Vinicius, você está dizendo que o Márcio Thomaz Bastos foi professor do Yuri ou do amigo dele?

#5 Comment By Vinicius On 29/05/2006 @ 10:44 pm

Sorry. Disse em referência ao amigo do Yuri. Jamais diria um absurdo desses me referindo ao nobre Yuri.

#6 Comment By Vinicius On 29/05/2006 @ 10:47 pm

Pedro,

A respeito do “vc não sabe de quem está falando”, é uma ameaça ou uma constatação da segunda identidade que costumamos ouvir por ai, da qual Roberto DaMatta já descreveu muito bem!?

Não sei de quem estou falando, mas pela desonestidade intelectual dele (digo do amigo do Yuri), conclui-se que não deve ser de boa índole.

#7 Comment By yuri vieira On 30/05/2006 @ 12:51 am

Que é isso, cara? O figura é dez. Mas também é um piadista em tempo integral. Só isso.
Abração!

#8 Comment By pedro novaes On 03/06/2006 @ 10:23 am

Vinicius,
O Yuri já respondeu por mim. Não é ameaça, nem não sei o que de segunda identidade que eu nunca li o Roberto da Matta e não sei do que se trata. Apenas uma advertência: vc não sabe de quem se trata e, portanto, não deveria passar um julgamento de valor tão forte sobre a pessoa. Uma pessoa se julga pela sua generosidade, pela sua capacidade de afeto genuíno, não pelas suas idéias ou preferências políticas. Aliás, para mim, a maior virtude da figura em questão é justamente a capacidade de não se levar a sério muito bem demonstrada no sarro que tirou com o Yuri. Eu ainda chego lá.