Arquivo para May, 2006




22/05/2006

Sobre novos autores

yuri vieira, 11:20 am
Filed under: escritores,literatura

Dez anos atrás, depois de participar de diversas oficinas literárias, grupos de leitura, fanzines e atividades do gênero, sem contar as horas e horas perdidamente ganhas na saudosa biblioteca da UnB, e como monitor do professor de Crítica e Teoria Literária Flávio René Kothe, desenvolvi, involuntariamente, certa indisposição para com todo aquele que, ainda em plena juventude de espinhas, se auto-intitulasse um escritor. Eu próprio, mesmo já tendo escrito meu primeiro livro em 1997, morria de vergonha ao ser apresentado a alguém como sendo um “escritor” ou, coisa ainda pior, um “novo autor”. Sim, preciso confessar. Após me deparar com tantos escrivinhadores confessio(ba)nais, com tantos vomitadores de surubas existenciais, com tanta gente que não conhecia a necessidade de, arriscando-se a cair no abismo, sempre dar ainda outro passo para atrás – e só então verdadeiramente apreciar e apreender um quadro geral da existência digno de ser narrado –, desenvolvi um reflexo condicionado bastante comum: cada vez que me falavam dum suposto “novo autor”, sacava minha pistola. Um pouco mais tarde, de volta a São Paulo, abdiquei momentaneamente de tal atitude apenas porque quem me falava de sua “maravilhosa amiga escritora” era minha então nova namorada. Ainda me lembro de folhear o tal livro com desdém, a foto duma mulher de trinta e poucos anos na orelha, aquela editora totalmente desconhecida, enfim, uma nova autora. E, motivado pela empolgação da figura, li o trecho de um conto ¬– aparentemente mais uma enxurrada egóica – e, num final de semana, fui me encontrar com a tal literata. Uma chácara bonita, dezenas de cães e lá estava, virando copos de uísque, a mulher que estranhamente não tinha trinta, senão sessenta e oito anos de idade: Hilda Hilst. Juro, até 1998, este rato de biblioteca nunca ouvira falar dela, logo, estava diante duma “nova autora”. Ao menos para mim.

Continue lendo – minha estréia como colunista – no Digestivo Cultural.

Velvet Underground e Nico

yuri vieira, 4:04 am
Filed under: Arte,música,Podcast e videos

Ainda acho que a melhor obra do Andy Warhol foi fazer o Lou Reed aceitar a participação da Nico no Velvet Underground. No video abaixo, acompanhada por Reed e John Cale, ela canta Femme fatale:

Acompanhe a bolinha luminosa:
(Continua…)

Fechar não basta

yuri vieira, 3:37 am
Filed under: Política

Enquanto isso, na Venezuela, não basta simplesmente ordenar o fechamento do jornal Correo del Caroní. É preciso também demolir o prédio. Hugo Chaves deveria caprichar mais e fazer o mesmo que os romanos fizeram em Cartago: jogar sal sobre as ruínas para impedir o crescimento do que quer que seja. Uma muda de liberdade de expressão, essa erva daninha, pode surgir do nada.

Ah, que inveja o Lula deve sentir do seu camarada venezuelano, que vontade deve sentir de fazer o mesmo com a Veja, o Primeira Leitura, o Mídia Sem Máscara, etc. Quem sabe ano que vem, Lula?

Aprendendo com os cubanos

yuri vieira, 3:22 am
Filed under: Política,Viagens

Deputados, prefeitos e vereadores brasileiros foram a Cuba aprender como melhorar nossa educação, saúde, turismo e fontes de energia.

También visitaremos varias provincias del país para conocer in situ las experiencias que desarrollan, y fundamentalmente las conquistas sociales de la Revolución, agregó [o deputado paulista Renato Simões].

Somos solidarios con los cubanos y los apoyamos, concluyó Simoes.

É bom mesmo os caras já irem aprendendo como essas coisas funcionam sob uma ditadura comunista, assim, se a nossa ditadura se concretizar, não haverá tempo perdido com experiências tolas. Se é que há algo no sistema comunista que não seja tolo…

20/05/2006

Banheiro ou elevador?

yuri vieira, 1:45 pm
Filed under: Humor,Podcast e videos

Geraldinho, o contador de causos

yuri vieira, 4:22 am
Filed under: Cotidiano,Humor,Podcast e videos

Na cidade natal de minha mãe, Bela Vista de Goiás, havia um contador de “causos” chamado Geraldinho Nogueira (1918-1993). Para quem tem interesse em narrativa oral, o cara é um prato cheio. E muito engraçado. Eu o ouvi pela primeira vez em São Paulo, na casa de minha amiga Maria Clara. Quase morremos de rir, ficamos umas duas horas, como se diz, rachando o bico. Suas figuras de linguagem são impagáveis. (“Recursinho de minguar a toada”, por exemplo, é o nome que ele dá ao freio da bicicleta.) Bem, não sei se quem nunca teve um contato mínimo com a linguagem do interior consegue entender e ver graça nas histórias que ele conta. Guimarães Rosa certamente conseguiria. Aliás, quase me arrependi por levar um CD à Casa do Sol: Hilda Hilst, que o ouvia enquanto tomava vinho do Porto, teve um ataque de riso fulminante, engasgou e quase morre asfixiada na minha frente. Recuperou-se, mas manchou de vinho o livro que estava sobre a mesa. Quem já leu os contos e crônicas da Hilda sabe que ela tinha familiaridade com a linguagem caipira do interior. E Geraldinho é um ótimo narrador, cheio de recursos.

Enfim, eu ia fazer um podcast com alguns dos causos, mas encontrei os melhores já disponíveis no YouTube (alguns com imagens, outros apenas com áudio):

O Causo da Bicicleta (Com Lima Duarte)

O Causo do Marimbondo

(Continua…)

Evo Morales e seus cometas

yuri vieira, 1:54 am
Filed under: Humor,Política

Deu problema no plugin de flash. Então clique aqui e veja noutra janela.

19/05/2006

Frase de cinema — 4

rodrigo fiume, 11:57 pm
Filed under: cinema,memória

aspas_vermelhas_abre.gif Adoro o jeito como você dança aspas_vermelhas_fecha.gif

Gwyneth Paltrow, para Ethan Hawke, em Grandes Esperanças (1998)

Brasileira escala o Everest

pedro novaes, 6:49 pm
Filed under: montanhismo

Ontem, além de Vitor Negrete, que tragicamente faleceu na descida, uma brasileira também chegou ao cume do Everest. Trata-se da médica Ana Elisa Boscarioli, de 40 anos. Ela chegou ao cume como parte de uma expedição neo-zelandesa. Com isso, chega a quatro o número de compatriotas a atingirem o teto do mundo. Pena que a notícia tenha sido ofuscada pela morte de Negrete.

Enquanto isso em Santarém…

pedro novaes, 6:29 pm
Filed under: meio ambiente

Enquanto o pau quebra em São Paulo, quebra também em Santarém. Protestos do Greenpeace contra a Cargill suscitaram a ira dos sojeiros e de parte da população local. A Cargill é um dos maiores conglomerados de agronegócios do mundo, que construiu e controla um grande porto sem licenciamento ambiental na cidade, através do qual é exportada grande parte da soja plantada na Amazônia.

Houve muitas agressões pelos sojeiros que, entre outros absurdos, dispararam rojões contra os membros do Greepeace. Alguns ativistas saíram feridos. Há um clima de forte intimidação, truculência e cerceamento da liberdade de expressão.

Hoje, o navio Arctic Sunrise, do Greenpeace, bloqueou o porto e conseguiu impedir por três horas os transbordos de soja. Como resultado, 16 ativistas foram presos e encontram-se detidos na Polícia Federal, em Santarém, incluindo o diretor do Greenpeace Amazônia, Paulo Adário. (Continua…)

Vitor Negrete morre no Everest

pedro novaes, 2:46 pm
Filed under: montanhismo

Vitor
Morreu ontem no Monte Everest (8.848 m), o montanhista brasileiro Vitor Negrete, 38. Um dos mais preparados escaladores do país, Vitor acabara de entrar para o seleto grupo dos que sobem a montanha mais alta do planeta sem o uso de oxigênio suplementar. Ele faleceu na descida, próximo dos 8.300 metros, provavelmente em função de esgotamente físico e das consequências fisiológicas do mal agudo de montanha. (Continua…)

From New York to Paulo Francis

yuri vieira, 4:59 am
Filed under: cinema,escritores,especulativas,exteriores,Viagens

Já faz mais de um mês que o cineasta João Rocha – sobrinho do Glauber Rocha – e o pesquisador Lécio Augusto Ramos me enviaram cópias duma carta que xeroquei ainda na UnB, mas que perdi anos atrás: From New York to Paulo Francis, uma carta onde Glauber demonstra sua verve inconfundível e tece comentários impagáveis sobre a capital do mundo, seus artistas, personalidades e a relativa bobagem que é, para o artista criador, a necessidade de viajar geograficamente. Eu pretendia transcrevê-la por inteiro, mas como ainda não me organizei o suficiente para tanto, seguem as imagens da revista (Status, 1968) em que foi publicada.


Glauber Rocha
Glauber Rocha
Glauber Rocha

(Clique nas imagens da esquerda para a direita.)

Conheça o site Tempo Glauber, administrado por João Rocha.

ETA, MST e PCC

yuri vieira, 3:44 am
Filed under: Cotidiano,especulativas,Política

Do Alerta Total:

A onda de terror sobre São Paulo não foi concebida por presos rebelados. Confirma-se a tese de que a organização criminosa Primeiro Comando da Capital não foi mesmo a articuladora principal dos atos terroristas que amedrontaram e paralisaram São Paulo desde a madrugada de sexta-feira. A advogada criminal da ONG Nova Ordem, Iracema Vasciano, que visitou os líderes do PCC isolados no presídio de Presidente Bernardes, revelou que os detentos lhe indagaram por que haviam sido transferidos para a cadeia de segurança máxima, se o sistema carcerário estava calmo – segundo informações dos presos.

Os serviços de inteligência das Forças Armadas descobriram que a bem organizada ação de guerrilha urbana foi montada por “forças subterrâneas” treinadas e coordenadas por especialistas em terrorismo do grupo separatista basco ETA. O mesmo grupo, secretamente, vem dando treinamento de guerrilha, há dois anos, a membros do Movimento dos Sem Terra e à Via Campesina (que invadiu, em março, a Aracruz Celulose no Rio Grande do Sul). O objetivo de tais ações de terror é travar uma guerra psicológica para desmoralizar as autoridades de segurança e enfraquecer, politicamente, os governos estaduais, como teste para futuras ações revolucionárias.
(Continua…)

Google go home?!

yuri vieira, 2:19 am
Filed under: Cotidiano,internet,Política,sites

Bom, agora a culpa de haver imbecis e criminosos nesse país é da Google, que criou um sistema de relacionamentos gratuito – o Orkut – cujo bom funcionamento depende da liberdade e do bom senso dos usuários. E como também existem brasileiros que não conseguem se comportar – pedófilos, traficantes, etc. – o Estado brasileiro pretende pedir a “desconstituição da pessoa jurídica” da Google no Brasil. Que lindo! Daqui a pouco expulsam também o mecanismo de buscas – porque é possível usá-lo para encontrar coisas do mal (tipo sites contra o governo) – e iremos voltar mesmo não apenas à idade da pedra mental, mas à de fato. Ou quem sabe a algo mais, hummm… chinês.

Cada dia é mais forte a minha impressão de que chegaremos ao famoso “éramos felizes (ou pelo menos livres) e não sabíamos…”

A propósito: já imaginou que maravilha se o Estado brasileiro consegue quebrar o sigilo de todos os usuários do Gmail? Toda nossa correspondência devassada… que poético!

Chávez: una amenaza real

yuri vieira, 1:43 am
Filed under: Podcast e videos,Política

Hugo Chávez – aquele cara que agora manda no Lula – já se cansou de dizer a que veio, mas, como tudo o que ele planeja não é senão uma “conspiração”, e portanto uma “fantasia”, ninguém precisa preocupar-se com ele. Só os que tiverem alguma massa cinzenta…

Eis um documentário, em cinco partes, que deve ser assistido.

Os demais também são curtos:
(Continua…)

Um observador de farândolas

j. toledo, 1:32 am
Filed under: Cotidiano,especulativas
    “Embora vista como desgraçada insossa, a estupidez ainda grassa na paisagem”
    (lavra pessoal)

Impressionante! Embora habite um tronco oco no meio da floresta, nunca deixo de receber notícias frescas do que se passa no Orbe. Incrível! E, claro, isso tudo me leva a fazer a única coisa que os médicos ainda não proibiram, isto é: raciocinar. E como não fazê-lo vendo coisas tão exóticas existindo ao redor, hein?

Sucessivamente vejo coisas assim acontecer: em Lisboa, um gêmeo português tenta o suicídio e acaba matando o irmão por engano. Do outro lado do mundo, uma família inteira de — supostos idiotas — turcos anda de quatro o tempo todo enquanto que aqui, uma deputada erecta — e confirmadamente idiota — metida a saltatriz maluca, dança, comemorando a impunidade que rola solta.

Está aí o motivo para grandes lucubrações. No mesmo instante que pretendo iniciá-las, uma amiga cancela seu sagrado uisquezinho vespertino porque iria doar sangue no dia seguinte. Meu Deus! Todos enlouqueceram, menos o pequeno Toledo, é claro, que agora inicia o deambulatório filosófico das quintas lembrando-lhes que, bem antes dos ufanismos do astronauta brasileiro subir ao espaço, eu já estava com o saco na Lua.
(Continua…)



Page 2 of 6123...Last »

Add to Technorati Favorites



Blogarama - The Blog Directory








67 queries. 0.662 seconds. | Alguns direitos reservados.