- O Garganta de Fogo - http://blog.karaloka.net -

A primeira milionária do Second Life

[1]Acho que criarei uma empresa de consultoria para vender idéias que possam enriquecer qualquer um – menos eu mesmo. (Tudo começou em 1994, quando escrevi um argumento para longa-metragem de ficção que acabou aparecendo nas telas com o título… sim, Matrix! Claro, como eu morava no Brasil, não saiu do meu papel. Já aqueles irmãos Wachowski apenas pescaram a mesma idéia. Mas isso é outra história.) Bom, durante os últimos meses, aluguei os ouvidos das minhas duas irmãs arquitetas, repisando a idéia de que desenvolver projetos para o Second Life [2] poderia lhes garantir muito mais dinheiro que seus projetos para o mundo real. Acharam graça. Pior para elas, porque a chinesa Anshe Chung – avatar de Ailin Graef – já faturou um milhão de dólares com projetos de arquitetura e paisagismo para esse mundinho virtual [3]. Ela passou os últimos meses comprando terrenos “em branco”, criando paisagens naturais, cassinos, shopping centers, residências, clubs, prédios – tudo virtual, obviamente – e revendendo esses cenários para assinantes do Second Life [2]. Ficou rica a espertinha. Já tem 25 funcionários e irá contratar outros 25. E este babaca aqui só sabe escrever…
_____

Conheça o Anshe Chung Studios [4] e veja algumas de suas criações.

Posts relacionados

Comments Disabled (Open | Close)

Comments Disabled To "A primeira milionária do Second Life"

#1 Comment By fiume On 29/11/2006 @ 8:51 pm

Eu ia te mandar esta notícia hoje mais cedo, mas a correria do dia me fez esquecer. Abs. R.

#2 Comment By Vin On 30/11/2006 @ 11:00 am

Yuri,

Será que eles estão precisando de um advogado? 🙂

#3 Comment By Vin On 02/12/2006 @ 4:43 pm

O IG vai criar (copiar) a versão brasileira do Second Life.

#4 Pingback By O Garganta de Fogo » Arquitetura no Second Life On 16/12/2006 @ 5:19 am

[…] que já faturou 1 milhão de dólares vendendo casas e terrenos virtuais… Envie por email | Imprima Mais posts:« « O Natal no SecondLife| […]

#5 Comment By Malacabado On 15/02/2007 @ 2:41 pm

Second Life…isso é coisa de gente doente…