Arquivo para December, 2006




08/12/2006

Jobim e Mongaguá

rodrigo fiume, 8:33 pm
Filed under: música

Tom Jobim morreu num 8 de dezembro. Foi em 1994. John Lennon também, mas 14 anos antes. Do Lennon, não me lembro; tinha 9 anos. A morte de Jobim foi um episódio bem estranho.

Eu havia acabado de chegar ao jornal quando me deram a notícia. Foi uma surpresa para todos. A redação do Estadão passou o dia bem mais silenciosa do que normalmente. Eu tinha começado a trabalhar no jornal havia um mês, achei que, sei lá, aquilo poderia ser algo normal. Mas nunca mais aconteceu. Nunca mais vi a redação em luto daquele jeito. Todos estavam tristes, cabisbaixos.

Mas o pior foi a manchete do jornal no dia seguinte, a única diferente de todos os grandes do País: “Jatene será o ministro da Saúde”. Perfeita sintonia, não?

Estranha foi a homenagem de São Paulo ao compositor. Tudo bem que ele não tinha lá uma grande proximidade com a cidade… Mas precisava ser aquela passagem subterrânea na Avenida Tiradentes?

Acho que mais lamentável mesmo foi a minha história sobre Mongaguá. No fim de 1993, Jobim iria fazer um show gratuito no Parque do Ibirapuera num domingo. Eu ainda estava descobrindo São Paulo e rolou um churrasco em Mongaguá. Alguém conhece Mongaguá? Vou morrer sem ter visto Jobim.

07/12/2006

Bonita, mas fodona

pedro novaes, 8:44 am
Filed under: colírio,Mídia,Podcast e videos

Tenho que concordar com o Alex Castro de que se trata do comercial mais sexy de todos os tempos.

06/12/2006

Um assento a qualquer preço

pedro novaes, 10:26 am
Filed under: Política

Nesse devaneio fadado ao fracasso de um assento no Conselho de Segurança da ONU, é esse tipo de coisa que o Governo Lula anda fazendo:

Brasília acaba de emprestar seu aval ao pior genocídio em curso no planeta: o massacre de Darfur, que já matou mais de 200 mil pessoas e deixou 2,5 milhões de refugiados no Sudão. Na terça-feira, no Conselho de Direitos Humanos da ONU, o Itamaraty se absteve de votar uma resolução que exigiria do Sudão o julgamento dos responsáveis pelo morticínio. A resolução acabou derrotada por 22 a 20 e 4 abstenções. Diplomatas sudaneses mal continham a satisfação diante do voto brasileiro.

Do Estadão de domingo, via Ex-Blog do César Maia.

05/12/2006

Um fotógrafo no MSN

yuri vieira (SSi), 10:46 pm
Filed under: colírio,fotografia

O problema de conversar com fotógrafos profissionais pelo MSN é que eles não param de nos enviar fotos. Fica difícil de saber se estão prestando atenção ao que estamos dizendo. O mais chato é que algumas dessas fotos, em formato tif, chegam a ter 20Mb de tamanho!!

Second Life: Solte Sua Imaginação

Era esse o nome do Projeto do qual fiz parte anos atrás em São Paulo: Solte Sua Imaginação. Na verdade, não foi além de um site que dividi com o fotógrafo Dante Cruz e com o VJ Alexis Anastasiou, tendo cada qual uma página para apresentar suas próprias viagens pessoais. (Hoje é apenas o site do atual estúdio do Dante.) O Dante, obviamente, pretendia incluir mais um monte de artistas, músicos, cineastas, DJs, estilistas e escritores que pudessem dar asas às suas respectivas imaginações, gente que íamos conhecendo nas raves que frequentávamos. Mas o Projeto SSi não foi pra frente. Claro que tudo teria sido muito diferente se fôssemos programadores e não um bando de artistas. Porque, quando me lembro das conversas que eu tinha com o Dante, vejo que a realização de tudo o que ele sonhava então – liberdade, criatividade, interatividade, internacionalismo – se chama hoje Second Life. Ainda não é grande coisa – e para muitos pode não passar de um vício besta e de pura perda de tempo – mas essa tal “SL”, como se costuma dizer ali dentro, já está pirando a cabeça de aproximadamente 1.790.000 pessoas.

(Senhor, não me deixeis errar pelos caminhos perversos da minha imaginação…)

Total de mortes no Iraque?

yuri vieira, 5:12 pm
Filed under: Cotidiano,Imprensa,Política

Por que será que todos se arrepiam tanto ao falar do número de vítimas da guerra do Iraque e não dão a mínima bola pra nossa guerra interna? De 2003 até hoje, a guerra do Iraque matou algo entre 49642 e 55048 iraquianos e, entre os exércitos de coalização, cerca de 2907 combatentes. Mas porém contudo todavia, segundo o IBGE, apenas em 2005 morreram 104 mil brasileiros, todos vitimados por nossa violência interna, sem qualquer participação de tropas norte-americanas e do Bush. (Eu mesmo já tive uma arma apontada para mim duas vezes e juro que não eram fuzileiros navais americanos.) Onde está a segurança, função básica do Estado? Bom, claro que o Lula não tá sabendo de nada e não tem nada a ver com isso…

O programa de rádio do Olavo

yuri vieira, 4:43 pm
Filed under: Avisos,internet,Podcast e videos,Política

Estreou ontem o programa de rádio do Olavo de Carvalho, no qual, entre várias outras coisas, ele cita um exemplo de algo que conversamos em nossos podcasts: os debates fundados no emocionalismo. Clique aqui para ouvir a gravação do primeiro programa.

A imitação do Amanhecer

daniel christino, 11:07 am
Filed under: Arte,escritores,literatura,livros

Depois da via crucis do Pedro com o Banco do Brasil, vamos a algo mais inspirador. Comprei “A imitação do amanhecer” do Bruno Tolentino. Entre uma e outra leitura teórica, é um bálsamo voltar à erudição sem pedantismos do Bruno. Poesia é um negócio doido. Tematicamente, o livro fala de Alexandria – aliás, a capa é muito bonita, desenhada a partir de uma gravura de Johann Bernhard Fischer von Erlach, toda em tons de cinza levemente azulado, com o nome do autor, em violeta, e o nome do livro, em preto, alinhados ao topo e à direita da página, margeados pelo imponente e mítico farol; obra da designer Paula Astiz. Mas do que fala mesmo a poesia??? (Continua…)

04/12/2006

Pela Privatização do Banco do Brasil

pedro novaes, 10:13 pm
Filed under: Cotidiano,Política,Umbigo

Mais uma vez, quem vem defender privatizações é o dito esquerdista do blog. Neste caso, entretanto, não se trata de nenhum tipo de convicção liberal, mas de puro e rasteiro interesse pessoal mesmo. Estou cagando para o patrimônio do povo brasileiro e pro que fazem com o dinheiro público, só não aguento mais ser cliente desta grande instituição pública que é o Banco do Brasil e gostaria que ela fosse privatizada simplesmente para que seus funcionários e seu espírito institucional deixassem de ser públicos e fossem todos à merda.
Infelizmente, possuo hoje quatro contas correntes no mencionado banco oficial: uma como pessoa física e três de pessoa jurídica para uma das empresas de que sou sócio, uma produtora de cinema e televisão. Não as opero nesta instituição por meu desejo, mas porque assim me obrigam: a de pessoa física para o recebimento de uma bolsa de pesquisa ora já encerrada, as da empresa para recebimento de recursos incentivados pela Lei Rouanet. Infelizmente, a despeito de já ter acabado o projeto de pesquisa a que me dediquei e pelo qual fiz jus à dita bolsa, não pretendo tampouco por agora fechar a conta corrente porque sei que, mais dia menos dia, algo me obrigará a abrir novamente uma conta neste maldito banco. (Continua…)

Primeira conferência de imprensa no SL

yuri vieira, 5:25 pm
Filed under: Imprensa,Podcast e videos,Second Life,tecnologia

A primeira conferência de imprensa do Second Life ocorreu no dia 10 de Outubro a propósito do lançamento do Projeto Darkstar, da Sun Microsystems. Trata-se de um projeto que visa facilitar a criação de jogos multiplayer online e, claro, só poderia ter rolado dentro deste ambiente virtual.

Para quem está totalmente por fora do que é o SL, vou explicar o vídeo abaixo: 1) o auditório que vemos pertence a uma das áreas desse mundo virtual online (Sun Island) e cada uma das personagens (avatares) que ali estão é de fato alguém no mundo real, no caso, provavelmente um jornalista; 2) os auditórios, quando bem montados, costumam ter um sistema de som que permite a cada um dos presentes à conferência ouvir o palestrante ao vivo; 3) não apenas a Sun, mas também a Reuters, a CNET e a MTV já possuem suas áreas virtuais próprias. Aliás, como diz o primeiro palestrante do vídeo, John Gage, chefe de pesquisas da Sun, nosso desktop ainda é muito condicionado pela nossa velha relação com o papel, uma relação plana, e o Second Life é a primeira grande mudança de paradigma nesse quesito. Tudo está ainda em seus primeiros passos – quem viver verá que loucura será o Second Life dentro de dez anos.

02/12/2006

O Dia em que a Democracia derrotou o MST

pedro novaes, 8:27 pm
Filed under: Política

Ninguém viveu propriamente até testemunhar de corpo presente um embate político em que o MST está de um dos lados. Não há nada mais instrutivo sobre a vida, a política, a esquerda e o ser humano.
Feliz ou infelizmente tive tal oportunidade na última quinta-feira. Deviam colocar saquinhos de vômito no verso do espaldar das cadeiras da frente como nos aviões e avisar os incautos sobre a possibilidade de náuseas e mau cheiro.
Explico: fui lançar meu documentário, o “Quando a Ecologia Chegou”, no litoral do Paraná, na Área de Proteção Ambiental de Guaraqueçaba, um dos locais onde foi filmado. O propósito era exibi-lo ao Conselho Gestor da APA (Conapa), órgão colegiado com a participação de inúmeras instituições e das próprias comunidades locais, responsável por assessorar o Ibama na gestão desta área protegida.
O Conapa é uma interessante experiência de verdadeira gestão participativa, distante das cortinas de fumaça e da retórica que o uso da palavra “participação” em geral significa. Trata-se de um trabalho sério, hoje referência nacional, que tem mudado de fato o comportamento de indivíduos, o relacionamento entre instituições e ajudado, pouco a pouco, a superar na APA o conflito entre conservação e desenvolvimento. É um trabalho que conheço muito bem: responsável e de espírito profundamente democrático.
Ocorre que, para azar ou sorte, há quase três anos, um grupo do MST invadiu uma propriedade localizada no interior da APA. Acampados, resistiram a qualquer tentativa de retirá-los dali, apoiados no suporte tácito que têm do Governo Requião e na inação do judiciário que não procede à emissão de uma reintegração de posse. (Continua…)



Page 3 of 3123