17/03/2008

Idéias Geniais

pedro novaes, 9:50 am
Filed under: cinema,Cotidiano,Educação

Pelo menos dá um certo alento a gente ver que não é só por aqui que surge este tipo de idéia idiota. Da Folha Online. Talvez haja algum brasileiro ou petista infiltrado lá.

Liverpool ameaça censurar filmes com cena de fumo

da BBC Brasil

O Conselho Municipal de Liverpool, que governa a cidade do noroeste do Reino Unido, está ameaçando impor uma “censura 18 anos” a filmes que contenham cenas de fumantes.

A cidade poderia utilizar leis municipais de licenciamento para tornar mais rigorosa a exibição de filmes com este tipo de conteúdo, informa o repórter da BBC em Liverpool Rowan Bridge.

As ameaças vieram depois que o órgão que classifica as obras cinematográficas no Reino Unido, o BBFC (Comitê Britânico de Classificação de Filmes, na sigla em inglês), indicou que não tem intenção de criar uma regra restritiva com base nas cenas de cigarro.

Por isso, as autoridades liverpudlianas se mostraram dispostas a agir unilateralmente, mesmo sem a cooperação do BBFC.

Elas alegam que a medida poderia evitar que adolescentes sejam seduzidos pela imagem glamourosa do cigarro nas telas.

Liverpool já detém o título nada honroso de capital inglesa do câncer de pulmão, estando entre as localidades com mais taxa de fumantes do Reino Unido.

A organização Now Smoke Free Liverpool, aliada do Conselho Municipal na campanha, diz ter evidência de que metade dos adolescentes americanos que fumam adquiriu o hábito sob influência, entre outros fatores, do que é mostrado nas telas.

Posts relacionados

Mais posts:

« « Metrô — 12| Se eu não sei quem é, não presta! » »




4 Comments

  1. filipe escreveu:

    pedro,

    essa “guerra contra o fumo” ja vem se arrastando por um bom tempo em vários países. não trata-se de idiotice brasileira.
    na frança, me parece, existe fumódromos desde 1992.

    segue uma reportagem bem mixuruca sobre o assunto:

    http://jn.sapo.pt/2004/11/17/sociedade/fumar_bares_e_trabalho_proibido_dent.html

    vc fuma pedro?

    Comentário de 18-3-2008 @ 7:08 pm

  2. Pedro Novaes escreveu:

    Oi, Filipe,

    Sem dúvida a guerra contra o fumo é coisa antiga. Só quem mora numa caverna não o saberia. O problema está exatamente na paranóia, no exagero e na perseguição. Eu não sou fumante e detesto cigarro. Nada me dá mais nojo que chegar em casa depois da noitada e sentir o cheiro de cigarro nas roupas e no cabelo. Mas sou contra perseguição e chatice. Dá pra gente ceder um pouco também e conviver, eu acho. Afinal, cedemos tanto em tantas outras coisas que também nos fazem mal: gente que joga lixo na rua, barulho, poluição, políticos corruptos, etc. E a questão não é nem essa, mas simplesmente que essa idéia é estúpida como quase todo tipo de proibição. Eu não estou dizendo que combater o cigarro é idiota, mas especificamente essa medida proposta em Liverpool. Ou vc acha que realmente os adolescentes vão passar a fumar menos porque não entrarão mais nos filmes com cenas de gente fumando?

    Comentário de 19-3-2008 @ 9:23 am

  3. filipe escreveu:

    eu sei, pedro. essa medida parece ser tão ridícula que não passa credibilidade alguma, se a analisarmos como um fato isolado. mas essa guerra a qual estamos nos referindo trata-se de um conjunto de medidas que vêm sendo trabalhadas no intuito de diminuir o número de fumantes e, consequentemente, o número de doentes decorrentes do fumo. a gente não pode mais discutir esse assunto como se fosse uma privação de direitos (como sempre um fumante alega) ou uma perseguição por chatice. o fato é que as pessoas que desenvolvem doenças pelo uso de cigarros (isto é, quase todas aquelas que fumam uma carteira por 2 décadas, em média) consomem boa parte do montante destinado ao SUS. pra não contar aquelas que ficam doentes por conviver com fumantes – os famosos fumantes passivos. alguns trabalhos científicos afirmam que os fumantes e seus problemas de saúde custam R$ 338 milhões ao SUS (quase 10% dos gastos do sistema). é um problema de saúde pública, e como tal precisa de medidas de promoção (e não preventivas) pra ser minimizado.

    não é novidade pra ninguém que nos últimos 10 anos o número de fumantes tem diminuído significativamente. e dizer que esse fato é consenquência somente da criação de fumódromos ou somente da proibição do fumo em lugares públicos é uma inverdade. cansei de escutar amigos ridicularizando a proibição da veiculação de propagandas tabagistas na televisão. mas, em conjunto, essas medidas fazem um estrago danado. vc me pergunta se eu acredito que os jovens passarão a fumar menos em liverpool e eu sinceramente não tenho certeza. em contrapartida, no teu próprio post, a Now Smoke Free Liverpool afirma ter evidências de que metade dos adolescentes americanos fumantes foram induzidos por esse tipo de influência (cenas de fumo no cinema). então, te dando uma resposta mais convicente, pedro, eu não duvido que ela provoque algum efeito.
    abraçao

    Comentário de 19-3-2008 @ 7:48 pm

  4. filipe escreveu:

    correção:

    “…(isto é, quase todas aquelas que fumam uma carteira diariamente por 2 décadas, em média)…”

    Comentário de 19-3-2008 @ 7:52 pm

Sorry, the comment form is closed at this time.




Add to Technorati Favorites



Blogarama - The Blog Directory








83 queries. 0,904 seconds. | Alguns direitos reservados.