O Garganta de Fogo

blog do escritor yuri vieira e convidados…

Autor: yuri vieira Page 67 of 107

A Internet Cósmica

Apenas para corroborar minha concepção de que o Planeta Terra (ou Urântia, para os iniciados) é literalmente o lugar em que Judas perdeu as botas, o cu do universo, a periferia da periferia da periferia da periferia – ainda que vc more em Londres, Roma, Paris ou Nova Iorque – veja algumas informações (ou imaginações, diria o Daniel) sobre as transmissões cósmicas de dados, através das quais, imagino eu, zilhões de neguinhos teriam acesso ao “blog” do Anjo Gabriel:

(…)
5. Os diretores de teledifusão. As transmissões do Paraíso, dos superuniversos e dos universos locais estão sob a supervisão geral desse grupo de conservadores do pensamento. Eles servem como censores e editores, bem como coordenadores das transmissões materiais, fazendo uma adaptação, para o superuniverso, de todas as transmissões do Paraíso, adaptando e traduzindo as transmissões dos Anciães dos Dias para as línguas individuais dos universos locais.

Ler mais

Número de visitas

Recebi um email malcriado – cazzo, pelo visto já começou tudo de novo – dizendo que este site não tem a menor relevância, já que os blogs do sicraninho, fulaninho e beltraninho (aliás, todos listados aí na coluna ao lado) possuem uma visitação muito superior à nossa. Critério interessante esse. Sem querer desmerecer a suposta “concorrência” – dois dos citados são realmente muito bons – isso é o mesmo que falar que Paulo Coelho é melhor que Guimarães Rosa só porque foi lido por mais gente. Segundo esse raciocínio, o blog da amiga da Jamila – como se chama mesmo a figura? – ah, sim, o blog da Bruna Surfistinha é milhares de vezes mais “relevante” que todos os nossos juntos.

Ler mais

E lá vem o jazz

Stan Getz/Charlie Byrd “Desafinado” || Lionel Hampton “On The Sunny Side Of The Street” || Ella Fitzgerald “‘s Wonderful” || Duke Ellington “I Got It Bad (And That Ain’t Good)” || Bill Evans and Jim Hall “Skating In Central Park” || Artie Shaw “Scuttlebutt” || Julie London “June In January” || Barney Kessel “Love”

[audio:http://www.archive.org/download/PoolsideJazzPodcast3/pj3.mp3]

Fonte: Poolside Jazz.

Juros do FMI bancam campanha do Lula

Vou preservar nossa fonte, não darei seu nome – eu corto o pescoço mas não digo que artista é – mas o cara mantém ralações estreitas com a turma poderosa de Brasília. Segundo ele, há uma jogada das mais maquiavélicas por trás do pagamento adiantado da dívida brasileira com o FMI. O acordo seria o seguinte: o governo teria pago toda a grana que devia, inclusive a dos próximos anos, e o FMI teria deixado nas mãos dele o montante correspondente aos juros, que agora será usado para bancar a campanha do PT para presidente. (Ahá!) Se nós não fôssemos apenas um blog maroto – e este país o desmoralizado Brasil – tal informação, se confirmada, seria o início dum watergate e nossa cabeça estaria finalmente a prêmio. Mas… quem somos nós? Um bando de blogueiros zé-ninguém. Entonces ¿quién habrá de escucharnos?

O “efeito yuri”

Olá Rodrigo
Fiquei feliz com seu comentário, afinal, mostrou mais consideração pelo nosso projeto – o Garganta de Fogo é sim um projeto e sem apoio estatal 🙂 -, pelo Alex e até por mim mesmo, já que, se eu fosse tão pseudo como vc parece colocar, não teria provocado tão longo e cuidadoso comentário da sua parte. Cuidadoso é a palavra certa. Muita gente entra aqui, passa a mão na cabeça do autor do texto, sai de fininho e a gente nem fica sabendo se curtiu mesmo o que leu ou se só está sendo legal com o amiguelho. Não é bom para o ego ficar a receber tão somente carícias de seda. William Blake é autor de um dos dísticos deste site (veja na coluna à direita o “Bem Dito”): “Oposição é verdadeira amizade”. Você pode sair pelo blog a ler os demais autores e confirmar. Eu posso ter lhe parecido um escroto – tal como avisei logo no primeiro comentário – mas permito que escrevam por aqui o que bem entendem, ao ponto de alguns ultrapassarem limites, tal como minha amiga Jamila, que praticamente me chama de burro neste outro post. Claro que já estou elaborando a resposta, na qual, entre várias outras coisas, explico o porquê de o termo eDitador ser uma mera piada – todos publicam antes mesmo de eu saber que estão escrevendo – e que quem realmente manda por aqui (até mesmo em mim) é a amizade que tenho por todos. Eu sou o eDitador apenas porque sou o único do site que conhece e é amigo de todos os demais há muitos anos já. Por isso, Rodrigo, encare isso aqui como uma mesa de boteco, onde todos discutem fundados na amizade e confiança mútua, sem deixar que faíscas mais luminosas e quentes afetem de fato a relação.

Ler mais

Mogwai ao vivo

Leia sobre a banda escocesa Mogwai.

E ouça algumas músicas (instrumentais) gravadas num show em Chicago.

    You don’t know Jesus
    [audio:http://www.archive.org/download/mogwai2006-03-01.km140.flac16/mogwai2006-03-01d1t05_vbr.mp3]

    Like Herod
    [audio:http://www.archive.org/download/mogwai2006-03-01.km140.flac16/mogwai2006-03-01d2t01_vbr.mp3]

    Mogwai fear Satan
    [audio:http://www.archive.org/download/mogwai2006-03-01.km140.flac16/mogwai2006-03-01d2t05_vbr.mp3]

Para ouvir todo o show, em stream, clique aqui.

Teje presa!

O eDitador já enviou seus sequazes até o aparelho da colunista Jamila. Agora ela está de castigo na nossa sala de redação. Não chamará mais o eDitador de burro. Abaixo, Lorenzo Sperlonga flagrou o momento mais prazeroso da reeducação política dela.

Ler mais

Paloma

Tá estressado(a)? Tire os sapatos, coloque as pernas para cima e curta esse improviso do James Banks. (Sempre que ouço esse tipo de som, me vem à lembrança o Bruno Tolentino, todo indignado, entrando no meu quarto, lá na casa da Hilda Hilst, e parafraseando a si mesmo: “Pelo amor de Deus, Yuri, desliga, isso não é música, isso é apenas a música como idéia“…)

[audio:http://www.archive.org/download/spacesongs/paloma_64kb.mp3]

Autoflagelação encenada

Li meu primeiro livro do Li Hongzhi – Zhuan Falun – quando ainda morava em Campinas-SP. Nele, Hongzhi explica, entre diversos outros temas, como o budismo foi desenraizado da China continental pelo assassinato sistemático de praticamente todos os mestres budistas. O comunismo pretendia, através da eliminação da cadeia mestre-discípulo, eliminar da face da Terra uma das tradições esotérico-religiosas mais antigas. Daí o espanto do governo chinês ao surgir um homem que se auto-intitula o restaurador do budismo tradicional, um homem que atrai milhões de “praticantes” e “cultivadores” para as fileiras da Falun Gong. (Já escrevi sobre a Falun Gong neste outro artigo.)

Ler mais

As línguas do futuro

Segundo artigo do Ivan Lessa, apesar dos cerca de dois bilhões de terráqueos que entendem o que significa the book is on the table, as línguas do futuro serão o mandarim, o espanhol e o árabe. Não digo que seja necessário aprender árabe ou mandarim – ao menos já sou fluente no espanhol – mas tenho certeza de que no futuro todos deverão saber ler e escrever zhongwen, isto é, os ideogramas chineses. Fica fácil entender o porquê neste meu artigo.

Page 67 of 107

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén