O Garganta de Fogo

blog do escritor yuri vieira e convidados…

Mês: agosto 2004 Page 1 of 4

Rebelião

“(…) além da revolta contra a inautenticidade, contra a hipocrisia, a rebelião de Kafka é também uma rebelião contra a relatividade, em busca de um absoluto e, em última análise, uma rebelião contra a heresia que a pouca fé representa e, finalmente, uma rebelião de caráter profundamente religioso em sua essência.”
Cronistas do absurdo, Leo Gilson Ribeiro.

Literatura e prece

“Respondendo à pergunta de seu amigo Janouch: ‘Então a literatura conduz à religião?’, Kafka declarou: ‘Não, eu não diria isso, mas certamente conduz à prece…'”
Cronistas do absurdo, Leo Gilson Ribeiro.

Incêndio

Da agência de notícias Gata-loca: “Um terrível incêndio destruiu a biblioteca pessoal do Presidente Lula. Os dois livros foram totalmente destruídos. O porta-voz presidencial informou que o Presidente está inconformado, porque ele ainda não havia terminado de colorir o segundo”.

A alma é livre

“Durante seis anos não paguei imposto de capitação. Por conta disso certa ocasião passei uma noite no xadrez; (…), não pude deixar de ficar chocado com a estupidez daquela instituição que me tratava como se eu fosse apenas de carne e osso e pudesse ser fechado à chave. (…) Não me senti confinado em momento algum, e os muros me pareceram um grande desperdício de pedra e argamassa. (…) Vi que o Estado era um imbecil (…). O Estado nunca se confronta intencionalmente com o sentido moral ou intelectual de um homem, mas apenas com seu corpo, seus sentidos físicos. Não se arma de espírito superior ou de honestidade, mas de força física superior. Não nasci para que me forcem a coisa alguma. Respirarei à minha moda. Vejamos quem é o mais forte. Que força tem a multidão?”
A Desobediência Civil, Henry David Thoreau.

Falsa oposição

“Aqueles que, ao mesmo tempo que desaprovam o caráter e as medidas de um governo, dão-lhe adesão e apoio são, sem sombra de dúvida, seus mais conscienciosos defensores, e com freqüência os mais sérios obstáculos à reforma.”
A Desobediência Civil, Henry David Thoreau.

Libertarian

“Custa-me bem menos incorrer na penalidade de desobediência ao Estado, do que custaria a obediência, pois neste caso me sentiria diminuído diante de mim mesmo.”
A Desobediência Civil, Henry David Thoreau.

Serial killer

Esse(s) assassino(s) que anda(m) matando “moradores de rua” em São Paulo merecia(m) uma boa prisão perpétua. Não posso deixar de pensar em meu amigo Antônio Ramos, ex-morador de rua e atual secretário do poeta Bruno Tolentino. As histórias da rua não são para os que têm o estômago fraco e a fé vacilante. Espero que nenhum dos que faleceram sejam amigos do Antônio. Ele costumava visitá-los e se “hospedar” com eles…

Inativos

“Para Bandeira de Mello, professor de Direito da PUC paulista, a decisão da taxação dos inativos, ‘acaba com a segurança jurídica. Se o STF pode fazer isso, está falido o Estado de Direito’. Não sei se você notou. Mas a ditadura já recomeçou.”

Cláudio Humberto

Eu costumava ler sua coluna no Jornal de Brasília. Nem me passou pela cabeça que ele poderia ter seu próprio site.

Relatório

Do site Silenced Report é possível baixar um relatório completo (em PDF) da situação mundial no que se refere à censura na Internet.

Page 1 of 4

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén