02/02/2006

A caricatura de Maomé

yuri vieira, 12:54 am
Filed under: Imprensa,Livro de Urântia,Religião

Não se irrite, Maomé!
Os muçulmanos estão putos com os dinamarqueses apenas porque os jornais destes últimos andaram publicando caricaturas de Maomé. (Incrível, os caras chegam a pegar na metralhadora por conta disso!) E tal fato obviamente atraiu a solidariedade do restante da imprensa européia: “Sim , a gente tem o direito de caricaturar Deus”, diz a manchete do France Soir.

Jesus, segundo o Livro de Urântia, teve sérios problemas na escola porque, aos nove anos de idade, andou fazendo caricaturas do professor a carvão, o que era contra a lei judáica. (Me refiro a desenhar, criar imagens, não à caricatura em si, por supuesto.) Seu pai – o humano obviamente – precisou chamar-lhe a atenção com severidade a esse respeito. Logo, é claro que só podia ser ele, o Senhor do Universo (ou talvez Pedro, seu apóstolo – esse cabelo curto aí é fonte de dúvidas), o personagem a soltar o comentário na charge acima: “Não resmungue, Maomé, todos nós aqui já fomos caricaturados…”

Pondo a um lado esse papo de “liberdade de expressão” e esse outro de “desrespeito às crenças alheias”, fico aqui pensando: que tipo de sentimento religioso é esse que quer ver morto o irreverente? Esses islâmicos radicais precisam baixar do Céu aquele patch de segurança que Jesus criou: “amai a vossos inimigos 1.0”. Credo, que gente…

P.S. de 07-Fev-2006: O Rodrigo, nosso homem na Folha, também escreveu sobre o assunto aqui e aqui.

Posts relacionados

Mais posts:

« « O mau Jobim| O Jobim do Mal » »




24 Comments

  1. José Hussen escreveu:

    Pô tudu bem mas essa radicalização mostra o quanto essa religião está atrasada, pensam com se fosse a 1000 anos atras, sera que eles não tem internet,e não pensam em se desenvolver espiritualmente, fazem isso a mais de 2000 anos e ainda não viram que não dá resultado,esse maomé é papo furado!!!hi! que medio vem para basílica tomar dinheiro dos trochas comigo,vem ,o Saddan não quiz agora tá ferrado.

    Comentário de 4-2-2006 @ 4:09 pm

  2. Moisés_CAPITALISTA escreveu:

    RAPAZ,esses caras não dão valor na vida humana mesmo,infelizmente muitos aderem ao terrorismo mas há quem seja bom.Nada ver ficarem irritados,não são flexiveis vão acabar sendo quebrados(por Israel é claro).

    Comentário de 5-2-2006 @ 10:08 pm

  3. jeff escreveu:

    valeu caras ate que enfim alguem mostrou a caricatura na net brasilira

    Comentário de 6-2-2006 @ 10:12 am

  4. O Garganta de Fogo » Lugares-Memória VII ou O Meu Islã escreveu:

    […] Duas situações, em especial, que tornaram muito especiais dois lugares, fazem soar o alarme desse paradoxo, quando vejo situações como esse embate em torno das caricaturas de Maomé. […]

    Pingback de 6-2-2006 @ 5:13 pm

  5. O Garganta de Fogo » A maometização das consciências escreveu:

    […] Porque, cá entre nós, acho uma ingenuidade ver algo de positivo nessa reação dos iranianos, essa de criar um concurso que premiará as melhores charges tendo como tema “o Holocausto”. Pois é desproporcional. (!) Bem menos do que antes, claro, mas ainda é. Eu sei, não parece, afinal reagir com caricaturas é melhor que responder com bombas, está no mesmo plano de realidade e tal. Mas se os Ocidentais tiraram o sarro do Maomé, o mais lógico seria os caras, tal como na caricatura do France Soir, tirarem o sarro ou de Jesus ou de Moisés, não do Holocausto. Ao fazer optar por este último, só mostram o quanto são malucos perigosos. É covardia contrapor um ser pretensamente divino a meros mortais. No fundo, sabem que os Ocidentais sabem rir de si mesmos e que, se eles, muçulmanos, tirassem o sarro do Senhor do Universo, ficaria tudo na mesma. Se Jesus não se deixou abalar nem mesmo por uma crucificação, uma caricatura então seria fichinha. A oposição que eles fazem é muito nítida: “Maomé X judeus”, “Maomé X ocidente”, “Maomé X EUA” (outro tema do concurso é “a opressão americana no mundo”), ou seja, no fundo o profeta deles não tem nada de transcendental, pertence apenas a este mundo, como todos nós ocidentais ou povo judeu ou americanos. Daí não haver sentido, para eles, opor Maomé a Moisés ou a Cristo. Esses radicais apenas tornaram o islamismo rasteiro e nada mais. Muito embora haja gente que veja o islamismo como intrinsecamente rasteiro… […]

    Pingback de 8-2-2006 @ 8:48 pm

  6. José Luiz escreveu:

    Aproveitando um pouco a onda de sátiras e caricaturas, que tal: Mao_man-bomba

    Comentário de 11-2-2006 @ 9:36 pm

  7. Marcos escreveu:

    Sinceramente vcs so estao achando engraçado essas caricaturas pq nao possuem nenhum sentimento pelo q eles tanto amam.

    Seria interessante ver o q vcs fariam se suas maes ou irmas fossem usadas como motivo de piada do pior nivel, caricaturas de protistutas, etc… queria ver a reação de cada um, se ainda achariam que era liberdade de expressao.

    Liberdade de expressao é um direito e como tal tambem deve ter como limite o direito dos outros.

    Na verdade o que acontece e que a imprensa esta cheia de pessoas que querem aparecer a qualquer custo, como a maioria nao tem inteligencia nem cultura para fazer algo construtivo, entao apela para denegrir a imagem alheia, ou vc acham que os programas de maior sucesso na televisao faz isso a custa de que??? E tudo isso reflete nossa sociedade, que olha demais os defeitos dos outros e esquece que a filha esta transando, que o filho esta usando droga e que a mae esta saindo com um garotao de programa…rsrsrsrs, gostaram…eu gostei, afinal, CARICATURA tambem pode ser escrita…hahahahaha, hipocritas…

    Comentário de 12-2-2006 @ 3:35 pm

  8. Leonardo escreveu:

    A única opinião sensata aqui foi do Marcos. Como minha avó já dizia “pimenta nos olhos dos outros é refresco”.

    Comentário de 13-2-2006 @ 10:37 am

  9. maomerda escreveu:

    Maome não é deus. Ele é sim um grande idiota
    que fez a cabeça de milhões de idiotinhas
    arabés de baixo QI. O que seria do mundo
    se só existissem esses babacas de árabes
    maus educados e sem futuro.Maome foi um grande aproveitador que casou com uma viúva rica só para ficar com seus bens.E hoje ele está na cabeça de milhões de analfabetos em todo o mundo.

    Comentário de 15-2-2006 @ 5:17 pm

  10. O Garganta de Fogo » Acredite, senão…! escreveu:

    […] Deixa só essa turma “anti-caricatura do Maomé” encontrar essa HQ do cartunista Abdullah Azis: “Mohammed’s Believe It or Else!” O título é um trocadilho com aquele programa (primeiro de rádio, depois de TV) “Ripley’s Believe It or Not!“, traduzido por aqui como Acredite se quiser. Uma boa tradução seria: “O Acredite, senão…! do Maomé” […]

    Pingback de 16-2-2006 @ 4:58 am

  11. helder escreveu:

    só arramjam desculpas para gerarem violência, qual é o mal das caricaturas, já desenharam jesus, moises, o papa, etc…
    nunca houve qualquer problema, esses muçulmanos não valem nada, sâo merda, são seres irracionais, não deviam de existir.

    Comentário de 19-2-2006 @ 7:19 pm

  12. Saite Juma escreveu:

    acho que todo voçes são parvos.
    maomé é deus sim
    RAFA

    Comentário de 20-2-2006 @ 7:51 am

  13. Fittipaldy escreveu:

    Concordo com Marcos quando diz que “pessoas” utilizam as mais diversas formas para tirar proveito de situações e provocar ibop, porém nada explica a forma como foi interpretada pelos seguidores de Maomé, talvez os jornais tenham feito algo irracional, impensável e até mesmo irresponsável, pois acredito e defendo a liberdade religiosa,e foi, todos nós sabemos, um insulto a religião islâmica.Todavia a reação agressiva, mortes e o absurdo de oferecer ouro pela cabeça de tais pessoas perpassa aos ensinamentos do profeta Maomè, o que talves esteja acontecendo são interpretações equivocadas do conceito religioso deixado pelo próprio profeta, e alguém tem que dizer isso pra eles. Alguém aí se abilita a isso? eu não!

    Comentário de 20-2-2006 @ 1:01 pm

  14. helder escreveu:

    os muçulmanos, são todos uns paneleiros, desprezam as mulheres, andam aos beijos uns com os outros e andam de mão dada na rua, vão todos á merda, paneleiros do caralho.

    Comentário de 20-2-2006 @ 5:19 pm

  15. Marcos escreveu:

    POr incrivel que pareça mesmo depois de duas grandes guerras mundiais ainda nao aprendemos a tolerar as DIFERENÇAS, sejam de opiniao, cor, sexo ou mesmo do silencio absoluto.

    Procurem entender o outro lado, nao estou defendendo a forma com que estao reagindo, mas sabemos que a visao que eles teem do mundo e diferente da nossa, sei q para muitos pouco importa se alguem ofender seu ente mais querido ou mesmo sua crença religiosa, mas no caso deles nao é assim, realmente possuem a religiao como um valor que jamais entenderemos, e temos que respeitar essa forma de ser.
    Para nossos padroes ocidentais e dificil compreender um mundo tao diferente.
    Outra coisa, a ignorancia que temos e tamanha que desprezamos esse povo, chamamos de barbaros, mas lembrem, toda a ciencia e todo o conhecimento da humanidade foi desenvolvido por eles, a medicina, as artes, a astrologia, etc.
    Esse povo dominou a europa por 800 anos, quando chegaram la a europa ainda era uma mistura de favela e vila, subdesenvolvidos, por favor, leiam mais sobre esses povos e llembrem, precisamos reconhecer q erramos, q ofendemos uma crença, nao importa como estao reagindo, o erro inicial foi nosso, alias, daqueles que pensam que seus direitos vao alem dos direitos dos outros.
    A primeira guerra mundial iniciou com uma bala, a morte de um Duque, nao deixem que a terceira surja por uma charge, vcs nao suportariam viver esse tipo de coisa.
    Como um pedido de desculpa custa tanto, e ainda falamos que somos os civilizados, piada…

    Marcos

    Comentário de 20-2-2006 @ 9:08 pm

  16. hugolino escreveu:

    Até quando o Ocidente vai continuar a baixar as calcinhas?

    Comentário de 21-2-2006 @ 12:15 pm

  17. Saf JCarlos escreveu:

    Acho um desrespeito o q fizeram com as caricaturas, pois não é ofendendo que se chegua a uma conclusão. Se o “abençoado” que publicou as caricaturas queria atenção esse foi o pior jeito de conseguí-la.

    Comentário de 6-3-2006 @ 12:08 pm

  18. Guimaraes escreveu:

    A ‘caricatura’ só foi mais uma pequena gota de combustivel que veio a cair nesse imenso e inapagavel fogo do ódio religioso. Rios de sangue ja foram derramados em nome da religião, que por sua vez, diz que tudo que faz, é em “NOME DE DEUS”.
    A religião, no decorrer das eras, conseguiu mostrar à humanidade uma surpreendente capacidade para se fazer justamente o contrário daquilo que era o propósito de Deus para o homem e sua familia: – harmonia, paz, felicidade.
    Trouxe ao invés disso: discórdia, desgraças, guerras religiosas, explorações aos desamparados e fracos, etc…
    Com caricatura ou sem caricatura, a religião será sempre um ” mal desnecessário” pois ela afasta as pessoas do Verdadeiro Deus e desestimula a quem quer que seja a procurá-lo. E não pensemos que os “extremistas” de “lá” são piores ou mais perigosos que os “extrmistas” de “cá”. É tudo uma questão de qual “líder” vai dar a ordem primeiro.

    Comentário de 9-2-2008 @ 12:45 pm

  19. filipe escreveu:

    sem entrar em detalhes sobre os muçulmanos, ocidente, liberdade de expressão ou holocausto, é bom comentar que esse jornalzinho dinamarquês é muito sem vergonha. negaram-se a publicar charges do jesus (tempos atrás, com medo da opinião dos leitores) mas se divertiram com uma do maomé, né.

    a maioria dos comentários aqui botam o dedo na cara dos mulças, mas não acredito que, trocados os papéis, sentiriam-se tão indiferentes.

    falo isso porque, há alguns anos atrás (não consigo precisar a data), o carnavalesco joãozinho 30 foi contratado pra fazer a decoração do maior shopping center daqui da cidade e passou por uma situação constrangedora. era época de natal e o carnavalesco, dentro da sua concepção de trabalho, abdicou dos papais noéis e de suas renas, enchendo os pátios do shopping com elementos da cultura negra e indígena. por fim, construiu ainda um presépio onde o menino jesus era negrinho.
    resultado: dias depois, um grupo de cristãos de não sei lá quantas igrejas estava no shopping protestando contra as decorações enquanto jornais “mancheteavam” um mal-estar na cidade e toda uma cena (entenda-se: putaria) estava montada.

    senso de auto-crítica pessoal…

    Comentário de 10-2-2008 @ 7:17 pm

  20. filipe escreveu:

    o assunto ainda rende…

    http://www.bbc.co.uk/portuguese/reporterbbc/story/2008/02/080212_dinamarca_cartunista_mv.shtml

    Comentário de 12-2-2008 @ 6:19 pm

  21. carlos escreveu:

    maome foi e e o patrono do terrorismo

    Comentário de 10-3-2008 @ 5:18 pm

  22. Abdul escreveu:

    Salamaleiko

    Comentário de 28-3-2008 @ 11:18 am

  23. Gabriel Heinrich escreveu:

    Creio que o planeta viveria com muito mais paz e harmonia se este povo muçulmano não existisse. Eles são os responsáveis pela maioria das atrocidades que ocorrem no mundo. São fanáticos estúpidos, histéricos, neuróticos, agressivos, maníacos e deveriam mesmo ser extirpados de alguma forma.

    Os países civilizados do ocidente já deveriam ter feito alguma coisa definitiva para impedir de uma vez por todas que estas criaturas continuem espalhando o horror pelo mundo, matando gente inocente e mantendo sociedades inteiras em pânico constante com medo de ataques insanos a qualquer momento.

    Comentário de 17-8-2008 @ 1:27 am

Sorry, the comment form is closed at this time.




Add to Technorati Favorites



Blogarama - The Blog Directory








80 queries. 2,031 seconds. | Alguns direitos reservados.