31/03/2006

Eu sou bobo

yuri vieira, 2:04 pm
Filed under: baladas,memória

Já fiz uma confissão anteriormente, mas não posso deixar de assumir que durante um bom tempo fiz papel de bobo. Eis uma prova, no site da Zuvuya-Rave On, onde apareço com meus trajes costumeiros (o “boné” foi um presente da Hilda Hilst), na EarthDance 2000, em Carrancas-MG. O fotógrafo Dante, meu ex-sócio, também estava por lá. As fotos são da Lisa e do André Ismael.

Posts relacionados

Mais posts:

« « Caridade ecológica| O general » »




2 Comments

  1. Vinicius escreveu:

    Yuri,

    Data máxima vênia, mas ficou uma figura uma tanto quanto bizarra. Um sujeito com pinta de intelectual (óculos, magro e coisa e tal…) com aquele chapéu ridiculo, rárárá.

    Mas tudo bem, todos nós já pagamos um mico desses na vida. Nos carnavais que participei (que hoje odeio) eu fazia coisa muuuito pior, pode acreditar.

    Papel de bobo faz quem nunca se “atreveu” a colocar um “chapéu” destes na cuca e representar o que todos somos em essência, isto é, ingênuos palhaços…

    Comentário de 31-3-2006 @ 8:41 pm

  2. Vinicius escreveu:

    Reparando bem, nota-se um certo desconforto no seu sorriso. O tímido sorriso já nasceu com um prazo de validade para sua, hoje, auto-critica.

    Tipo: “eu sei onde isso vai parar…”.

    Mas tá valendo…

    Abração!!!
    😆

    Comentário de 31-3-2006 @ 8:54 pm

Sorry, the comment form is closed at this time.




Add to Technorati Favorites



Blogarama - The Blog Directory








84 queries. 0.614 seconds. | Alguns direitos reservados.