22/03/2006

Escrever com esmero

yuri vieira, 7:10 am
Filed under: escritores,livros

Do livro Sobre o Ofício do Escritor, de Arthur Schopenhauer, que ganhei ontem do Bibliotecário de Alexandria, isto é, do meu pai:

“Quem escreve sem esmero confessa, antes de mais nada, que nem ele mesmo atribui grande valor a seus pensamentos. Pois apenas da convicção sobre a verdade e da importância de nossos pensamentos nasce o entusiasmo que é exigido para estarmos sempre atentos, com perseverança infatigável, à sua expressão mais clara, bela e vigorosa – do mesmo modo como apenas para coisas sagradas ou obras de arte inestimáveis, usam-se recipientes de prata ou de ouro. Eis porque os antigos, cujos pensamentos continuam a viver em suas palavras há milênios e, em virtude disso, portam o título honorífico de clássicos, escreveram sempre com grande zelo.” (Pág.114)

Posts relacionados

Mais posts:

« « Paralamas do Sucesso… no Bozo!!| A privatização da água que entrou pelo cano » »




Nenhum comentário

No comments yet.

Sorry, the comment form is closed at this time.




Add to Technorati Favorites



Blogarama - The Blog Directory








90 queries. 0,771 seconds. | Alguns direitos reservados.