O Garganta de Fogo

blog do escritor yuri vieira e convidados…

Categoria: Cotidiano Page 1 of 58

Blondie – Heart of Glass

Da seção “músicas que marcaram nossa infância”…

Para ajudar Santa Catarina


Veja mais fotos como esta em Ação de ajuda as vítimas das enchentes no sul do Brasil

Do G1:

SÃO PAULO – O Banco Itaú também abriu uma conta em benefício da Defesa Civil de Santa Catarina com o objetivo de receber doações dos interessados em ajudar as vítimas das enchentes naquele estado. Outras contas estão disponíveis também no Banco do Brasil e no Bradesco.

Seguem abaixo os detalhes das contas:

Itaú:
Agência: 0289
Conta: 69.971-2

Observação: Os recursos serão direcionados para o Fundo Estadual da Defesa Civil Catarinense, CNPJ: 04.426.883/0001-57.

Bradesco:
Agência: 348-4
Conta: 160.000-1

Observação: Os depósitos de ajuda devem ser realizados nominalmente para Fundo Estadual de Defesa Civil, CNPJ 04.426.883/0001-57.

Banco do Brasil:
Agência: 3582-3
Conta: 80.000-7

Observação: Os recursos recebidos serão repassados para a Secretaria de Defesa Civil do Estado de Santa Catarina.

(Valor Online)

Todos sabem que, se deixar por conta do governo, Santa Catarina já era. Logo, que cada um ajude como puder.

TV cai em golpe de falso assessor de John McCain

Na Folha de hoje:

Sexta-feira, 14 de novembro de 2008

ELEIÇÕES NOS EUA
Folha de S. Paulo

TV cai em golpe de falso assessor de John McCain

“O canal de TV de notícias americano MSNBC foi a última vítima de um trote que já atingira o jornal ‘Los Angeles Times’ e vários blogs – o de um assessor fictício do candidato presidencial John McCain, Martin Eisenstadt, do Instituto Harding para a Liberdade e a Democracia.

Eisenstadt procurou a MSNBC dizendo ser a fonte de uma reportagem veiculada logo após a eleição na concorrente FoxNews, na qual um repórter disse que pessoas da campanha de McCain haviam contado que a candidata a vice na sua chapa, Sarah Palin, pensava que a África era um país, não um continente, entre outros absurdos.

O âncora David Shuster, da MSNBC, deu a notícia: ‘Martin Eisenstadt, um assessor político de McCain, veio a público hoje [na segunda] se identificar como fonte [da reportagem da FoxNews]’.

Só que Eisenstadt, na realidade, é um personagem criado pelos cineastas Eitan Gorlin e David Mirvish, e o instituto para o qual ele trabalha também é fictício. Os dois queriam demonstrar como o controle da informação pelos meios de comunicação é falho. ‘Com a busca por notícias 24 horas por dia, eles aceitam qualquer coisa que aparece na frente’, disse Mirvish ao ‘New York Times’.

A MSNBC pediu desculpas pelo erro. ‘A informação não havia sido checada. Não deveria ter ido ao ar’, disse um porta-voz da emissora.

Quanto à fonte da reportagem da FoxNews, ela continua anônima. Na semana passada, Palin chamou de ‘babacas’ os responsáveis pela informação, que ela diz ser falsa.

A previsão de Peter Schiff

Em 2006, Peter Schiff previu a crise econômica atual e os demais comentaristas riram dele. E riram muito. Na Fox News (via Lew Rockwell):

Peter Schiff: It’s not wealth that’s increased in the last few years. We haven’t increased our productive capacity. All that’s increased is the paper values of our stocks and real estate. But that’s not real wealth… When you see the stock market come down and the real estate bubble burst all that phony wealth is gonna evaporate and all that’s going to be left is all the debt we’ve accumulated to foreigners. (August 28, 2006)

Um mojito para Obama

Já que o novo presidente norte-americano se propõe a “negociar” sem pré-condições com os caudilhos sudamericanos, pergunto: dá pra tomar uns mojitos antes?

PS: Modéstia à parte foto e mojito brought to you by me… 🙂

A apuração dos votos nos EUA

Clique aqui para visualizar o mapa ampliado.

O ser humano não é uma ilha

Filme feito inteiramente com imagens captadas por um celular nas ruas de NY e Sydney. (Via The all seeing eye.)

Goiânia, campeã mundial

Da revista Isto É Dinheiro:

Brasil tem as cidades mais desiguais

O relatório “Estado das Cidades no Mundo 2008/2009”, divulgado na semana passada pela Agência das Nações Unidas para a Habitação, apresentou dados alarmantes referentes ao Brasil. Segundo o estudo, as cidades brasileiras têm hoje as maiores desigualdades de distribuição de renda no mundo. Pior ainda: Goiânia (GO) é a campeã mundial, seguida de Brasília, Belo Horizonte, Fortaleza e São Paulo. Acompanhe a seguir os principais dados da pesquisa.

• As Nações Unidas utilizam o coeficiente Gini, indicador que mede a concentração de renda de um país e que aponta desigualdade maior à medida que se aproxima do número 1. No ranking, Goiânia obteve Gini 0,65, o maior do mundo. Segundo a ONU, a linha de alerta começa em 0,4.

29% da população urbana do Brasil vive em favelas. Entre as cidades brasileiras, o Rio de Janeiro é a recordista, com índice de 40%. Na América Latina, 27% da população habita moradias consideradas inadequadas.

• Metade da população mundial vive atualmente em cidades. Em 2040, esse índice pode chegar a 70%.

São Paulo é a quarta megacidade do planeta, com 18,8 milhões de habitantes. Projeções da ONU indicam que a capital paulista será a segunda maior cidade do mundo em no máximo 20 anos.

• O inchaço das grandes cidades aumenta os riscos ambientais. Se nada for feito, a ONU atribui 58 mil mortes prematuras por ano à poluição do ar nas áreas urbanas da América Latina.

Fãs de Barack Obama

Do Olavo de Carvalho:

Chamado de “Messias” pelo líder radical muçulmano Louis Farrakhan e de “Meu Jesus” pela editora-chefe de um jornal universitário, Barack Hussein Obama informa: “Contrariamente ao que diz a opinião popular, não nasci numa manjedoura.” Já pensaram se ele não avisasse?

Qualquer que seja o caso, pelo menos um milagre confirmado ele [Obama] já fez: é o primeiro candidato presidencial que obtém o aplauso de todos os inimigos dos EUA sem que isto desperte contra ele a menor desconfiança do establishment americano. Entre seus entusiastas, contam-se o Hamas, o presidente iraniano Ahmadinejad, Muammar Khadafi, Fidel Castro, Hugo Chávez e o canal de TV Al-Jazeera. Imagino o que aconteceria à candidatura de Franklin D. Roosevelt em 1932 se ele recebesse o apoio ostensivo de Josef Stalin, Adolf Hitler e Benito Mussolini. (Continua)

Tenho feito a minha parte

Recebi o texto abaixo do Pedro Novaes, que, como quase todo mundo neste blog, anda com preguiça de publicar. (É a vida. E blog não enche a barriga de ninguém, só dá é dor de cabeça, principalmente quando o Daniel resolve comentar no seu post.) Enfim, é uma suposta declaração do analista de investimentos e empresário, Marc Faber (minha tradução segue logo abaixo):

…Investment analyst and entrepreneur Dr. Marc Faber concluded his monthly bulletin (June 2008) with the Following:

”The federal government is sending each of us a $600 rebate. If we spend that money at Wal-Mart, the money goes to China . If we spend it on gasoline it goes to the Arabs. If we buy a computer it will go to India . If we purchase fruit and vegetables it will go to Mexico, Honduras and Guatemala . If we purchase a good car it will go to Germany . If we purchase useless crap it will go to Taiwan and none of it will help the American economy. The only way to keep that money here at home is to spend it on prostitutes and beer, since these are the only products still produced in US. I’ve been doing my part.”

[Tradução: O governo federal está enviando a cada um de nós um abatimento de U$600. Se nós gastarmos esse dinheiro no Wal-Mart, o dinheiro irá à China. Se o gastarmos em gasolina, irá para os árabes. Se comprarmos um computador, irá até a Índia. Se adquirirmos frutas e vegetais, irá para o México, Honduras e Guatemala. Se adquirirmos um bom carro, ele irá para a Alemanha. Se adquirirmos porcarias inúteis, ele irá a Taiwan e nada desse dinheiro ajudará a economia Americana. A única maneira de manter esse dinheiro aqui em casa é gastá-lo com prostitutas e cerveja, uma vez que são esses os únicos produtos ainda produzidos nos EUA. Eu tenho feito a minha parte.]

Page 1 of 58

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén