O Garganta de Fogo

blog do escritor yuri vieira e convidados…

Categoria: colírio Page 3 of 4

Audrey

audrey.bmpAudrey Hepburn foi eleita pelas leitoras da revista New Woman [tudo bem, eu também nunca tinha ouvido falar] a mulher mais bela de todos os tempos [eu, particularmente, concordo plenamente]. Em segundo, ficou Grace Kelly [concordo plenamente, eu, particularmente]. A lista das cem mais é a seguinte [até concordo, particularmente, eu, mas não plenamente; nem é questão de mudar uma ou outra de ordem, só não sei por exemplo o que a Lady Di está fazendo entre as top ten; a única brasileira é, naturalmente, Gisele, que vem em 29º, logo depois da Madonna (credo!)]:

Ler mais

Mulheres

Quando adolescente eu sempre me apaixonava por mulheres de cabelos curtos e com um certo ar de mistério estampado no rosto. Isto obviamente significa que não me atraíam as garotas sorridentes, alegrinhas. Hoje, só tenho olhos para mulheres de cabelos longos com um lindo sorriso nos lábios. Alguém sabe o que isso significa? Eu ainda não sei.

Observatório da cirurgia plástica

Neguinho não tem jeito. Já existe blog dedicado até mesmo a monitorar quem tenha feito uma cirurgia plástica mal feita. Cada um. (Talvez fosse melhor criar uma categoria chamada mulherzinha pra esse post. O que vc acha, Pedro? Colírio soa muito irônico.)

Minha contribuição

Vamos participar meninas

Ameaça às articulistas — 4

Opa, não posso ficar fora desta campanha. Por favor, meninas, participem! Minha contribuição, inspirada no post número 2 (quem assistiu ao filme entenderá):

Ameaça às Articulistas – 3


Mais uma adesão. C’mon, girls! (Chamemos a esta imagem “Leitora Boazinha escapa e foge do escritor mauzão”). Para quem não conhece, trata-se da maravilhosa Druuna, personagem do desenhista italiano Paolo Serpieri – ficção-científica erótica. Uma excelente mistura. Suas histórias foram publicadas de forma incompleta no Brasil em edições especiais da revista Heavy Metal.

Ameaça às articulistas

Este blog possui quatro mulheres colaboradoras há mais de um mês: a Jamila Gontijo, a Benedita Pimenta, a Rosa Maria Lima e a Cássia Queiroz. Até agora apenas as duas primeiras publicaram um post cada. Liberem esses textos aí, muiezada! Você me enrolam e depois ainda sou obrigado a ficar lendo emails me acusando de presidente do clube do bolinha

É por essas e outras que eu, o eDitador, proclamo: enquanto vocês não se tornarem colaboradoras assíduas irei publicar imagens de mulheres objeto.

Eis a primeira, do ilustrador espanhol Luis Royo:

Não sei por que, mas chamo essa imagem de “O escritor mauzão e sua leitora boazinha“…

Literatura não é rock

Henry Miller

Esse aí é o Henry Miller. É mais ou menos com essa idade que os escritores começam a ser abordados pelas fãs. Tarde demais…

O Quasímodo é lindo

Ontem, minha amiga Paola Antonácio, arquiteta que recém concluiu seu mestrado na Espanha, me contou algo impressionante: ela estava na Harold’s, a famigerada loja de departamentos londrina, quando, de repente, a um metro do seu narizinho, deparou com ninguém mais ninguém menos que… Michael Jackson! Claro, o cara, além dos filhos – pelo jeito aquele garoto sobreviveu à aventura da sacada do apartamento -, o cara estava sendo seguido por todos que o viam, tal como um planeta a seqüestrar, durante sua translação, meteoróides e outros detritos espaciais. Nuvens de consumidores o acompanhavam enquanto ele admirava, tranqüilamente, prateleiras apinhadas de eletrodomésticos. Mas o espantoso não era isso – encontrar-se com o Michael Jackson? ora, que bobagem – mas sim o fato de que, segundo Paola, ele era lindo! Sim, ela nunca vira antes uma disposição tão aristocrática e serena, nunca vira cabelos tão bonitos, brilhantes e sedosos, uma pele (sim, branca) tão delicada, um nariz tão… feito sob medida, ora essa.

Ler mais

Professorinha querida

Ronaldo Roque tem toda a razão: essa é realmente a professora dos nossos sonhos adolescentes. Condená-la à prisão equivale a prender o Netinho por distribuir “dias de princesa” às meninas pobres.

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén