O Garganta de Fogo

blog do escritor yuri vieira e convidados…

Categoria: este blog Page 2 of 10

“Permaneço um racionalista”

Seria psicanalítico demais, depois de postar o texto do Graciliano, citar o José Guilherme Merquior? Acho que não. Ter consciência da crítica do Graça – é… sou íntimo dos meus heróis – aos “intelectuais de miolo mole” faz da minha citação algo mais do que um ato falho freudiano (falho exatamente quando inconsciente). Faz dela justamente uma filiação, apesar do Merquior nada ter a ver com meus devaneios de “sumo pontífice em brochura”. Ser amigo dos mortos tem esta vantagem. Além disso, ela diz muito sobre minha posição intelectual e pessoal a respeito do meu último debate travado no blog.

Doa a quem doer, permaneço um racionalista – embora firmemente convencido de que o único racionalismo consequente é o que se propõe, não a violentar o mundo em nome de seus esquemas, mas a apreender em seus conceitos, sem nunca render-se ao ininteligível, sem jamais declarar o inefável, a essência de toda realidade, ainda a mais esquiva, mais obscura e mais contraditória. Somente as almas cândidas, os cegos voluntários e os contempladores do próprio umbigo não percebem e não aprovam a virilidade desta Razão; mas ela é apenas a própria e íntima razão de todo verdadeiro conhecimento humano.

Linhas Tortas

Quando comecei a escrever para o blog corri à livraria mais próxima e comprei o livro. Quem dera eu tivesse 10% da capacidade do Graciliano para a ironia fina! Desisti muito cedo de ser escritor, em alguma medida por conta do texto que segue. Foi uma porrada bem dada no meu ego.

O literato em esboço é um sujeito que tem sempre no cérebro um pactolo de idéia e que ordinariamente não tem na algibeira um vintém.

É poeta na acepção vulgar da palavra – é desocupado. Anda com a cabeça no ar, como convém a um indivíduo que faz versos. Através da fumaça branca de seu cigarro percebe vagamente alguma coisa muito brilhante e muito grande a acenar-lhe. É afoito, ri muito, gesticula em excesso, fala alto, principalmente a respeito de sua pessoa.

Ler mais

Sobre ciência e religião III

Eu deveria gerenciar os temas vinculados à discussão em seus respectivos posts originais e não pentelhar a área principal do blog com comentários sobre comentários dos comentários. Mas fiquei com pregüiça e resolvi colocar tudo num último post – que é último apenas porque não vou mais postar sobre isso, não porque resolvi a questão. Deveria também continuar o post anterior (o nº 2), mas como houve desdobramentos bastante interessantes, optei por comentá-los. Vamos lá.

Ler mais

O Troll nosso de cada dia

O Pedro Novaes publicou esta semana a mensagem que recebemos de um dos nossos Trolls. Eu havia deletado o comentário do figura e ele então o reenviou via formulário de contato. Quem tem blog sabe o que é um Troll: um troglodita ignorante que vem berrar e nos xingar em nossa própria casa (home), acreditando que, por sermos defensores da democracia, isto será aceito de bom grado. O Rafael Arcanjo publicou um ótimo texto sobre o tema. (Tal como ele, eu também já detectei, pelo IP, comentários fakes em que o Troll faz um novo comentário, sob diferente identidade, apenas para apoiar um seu comentário anterior. Ahahaha. Esses caras são muito otários.)

Leitor Nelvoso

“Guspir” soa estranho. De resto, a despeito dos erros de português, “matutos alienados” achei elogioso. Dá nome de banda.

voces e esse site sao pateticos. Voce ssao americanos para estarem defendendo quem gospe em suas caras e na cara dos filhos de voces??
sei.. voces só sao caboclos querendo ser americanos. Publiquem ago decente nessa pocilga de voces.. Terroristas!… voces sao piores..
matutos alienados. voces nao entendem nada sobre terrorismo..

Where are the girls?

Fernanda

Aproveitando e explicitando a onda (re)introduzida pelo Fiume, voltamos a implorar por maior presença feminina neste blog. Eu nem ia falar nada sobre isso, mas quando me deparei com este ensaio da sempre número um no meu ranking de mulheres lindas Fernanda Lima, não resisti. No Paparazzo.

Ameaça ao eDitador

Caros, passo a partir de agora a postar imagens femininas para lembrar o eDitador de balancear um pouco mais a participação entre colaboradores e colaboradoras no blog. Começo, propositalmente, pela deusa Vênus. Abs. R.

botticelli_birth_venus_2.jpg

Minha nova confissão

Vez por outra, o pessoal aqui do Garganta faz uma confissão. Bem, como hoje lá fora tá um céu azul e um sol danado e eu estou de castigo, vou me dar o direito de, calmamente, fazer uma confissão bem mal-humorada. Não, não me desculpe.

Confesso, tranqüilamente, que não suporto mais ouvir algo sobre o Juscelino de Tal.

Primeiro, porque não sou ligado a coisas do tipo e tal (não, não me desculpe).

Segundo, porque ele não traz nenhum ganho. Não gera riqueza, não dá emprego, não traz conforto. Afinal, ele nos dá um caminho a seguir? Alguma pista, ao menos? Ele nos mostra como nos conhecermos melhor? Um psicólogo (para quem pode pagar, claro) pode fazer melhor que ele. Até um padre pode fazer isso melhor que ele. Sem falar naquele amigo do peito, para quem você conta aquela sua fraqueza mais tola ou mais suja (sim, todos as temos) e os dois terminam a “sessão” em meio a leves gargalhadas.

Enfim, que ensinamento ele nos dá? Que podemos ver o futuro? Ah, se isso fosse mesmo verdade… De qualquer forma, até conheço pessoas que “vivem” no passado, mas sei de nenhuma que “mora” no futuro.

Acho que, no máximo, o Juscelino de Tal vale como entretenimento. Mas, daí, prefiro um piquenique.

Ah, já ia me esquecendo: por favor, não me desculpe.

RoutHost rocks!

Foi por pouco: quase caímos. Mas graças ao nosso serviço de hospedagem – Routhost.com – permanecemos todo o mês de Outubro online. Os caras nos deram mais 5Gb de banda e terminamos o dia 31/10 com uma taxa total de transferência de 44,78Gb!!! Mais alguns megas e o site teria caído, uma vez que, além de ultrapassar nosso limite de 40Gb mensais, ainda teríamos ultrapassado os 5Gb que ganhamos de lambuja.

Já falei outras vezes sobre isso aqui: não vale a pena hospedar um site no Brasil. Veja, por exemplo, a Locaweb. O plano mais barato deles oferece 500Mb de espaço e 25Gb de limite de transferência de dados (banda). “Tudo isso” por R$29,00 mensais, o que dá R$348,00 por ano. (Nem vou falar das vantagens de se ter um domínio internacional que, além de ser muito mais barato, está fora das burrocracias estatais brasileiras, essas que exigem CPF, CnPJ, digitais, uma foto 3X4 de frente e outra de perfil.) Já nosso plano na Routhost, o Silver, nos oferece 2Gb de espaço e um limite de banda de 40Gb mensais. E isso por U$49,95/ano, isto é, R$106,98!!!

Ler mais

Ocupados

De terça-feira a domingo, eu e o Paulo estaremos ocupados gravando o making of do Goiânia Mostra Curtas, ele na direção de produção e eu na direção. Já o Pedro viajou hoje à Tailândia para participar de uma dessas reuniões em que jovens lideranças trocam idéias sobre como dominar o mundo. (Hehehe.) Ele ficará por lá até o final do mês. Esperamos que os demais colaboradores deste blog ajudem a não deixar a peteca cair.

A propósito: estou aguardando o ok do Olavo de Carvalho para divulgar aqui nosso podcast semanal. Já gravamos dois bate-papos de 46 minutos cada. Você não perde por esperar… 😉

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén