16/03/2006

Listinha pra Polícia Federal

yuri vieira, 7:12 pm
Filed under: este blog,internet,sites

Às vezes aparece, no Adsense deste site, a publicidade de algum bando de picaretas vendendo suas monografias para estudantes vagabundos, desonestos e ambiciosos. Falei sobre isso há quase um ano já. Além disso, tenho visto por aí, internet afora, que muita gente boa deixou de usar o Adsense devido a essa safadeza. Mas o serviço da Google possui um “filtro de anúncios concorrentes” que também funciona para filtrar gente safada. Não é preciso abandonar o Adsense por conta dessa turma. Eu mesmo não posso, pois é graças ao Adsense que pago meu serviço de hospedagem. Logo, para ajudar aos meus camaradas – e à Polícia Federal, caso ela queira dar um fim a essa máfia – segue abaixo minha pequena lista de monografistas espertalhões:

acmonografias.com.br
helpmonografia.com.br
helpmonografias.com.br
monografiaac.com.br
monografiaad.com.br
monografiafacil.com
monografiasonline.com.br
semplagio.com
sosmonografia.sites.uol.com.br
tccmonografia.com
sosmonografia.com
tarefaescolar.com.br
monoweb.com.br
monografiaalpha.com.br
disserta.net
dissertacao.net
monografiasedissertacoes.com.br
zemoleza.com.br
trabalhosprontos.com.br
escrevemos.com.br
seeescritos.com.br
trabe.com.br
ciadosassessores.com.br
ciadamonografia.com.br

Agora basta colocá-la em seu filtro.

É incrível como um site toma nosso tempo caso queiramos fazer a coisa direito.

Posts relacionados

Mais posts:

« « Momento lounge…| Do ofício de escrever » »




16 Comments

  1. Cabala escreveu:

    Valeu! Agora sei onde pegar minhas monografias.

    Comentário de 18-3-2006 @ 3:17 am

  2. yuri vieira escreveu:

    Pô, sabe que eu não tinha pensado nisso? 🙂
    Boa sorte na sua vida desonesta.
    Abraço
    Yuri

    Comentário de 18-3-2006 @ 3:22 am

  3. Sergio Vagner escreveu:

    Por que você está fazendo isto? não entendi… Não podemos trabalhar ? Qual o seu objetivo indicando todos os sites?
    Precisamos trabalhar para o sustento de nossos filhos, temos familia.
    Neste pais de miseraveis nao temos emprego. O que o Sr. me diz? Eu preciso sustentar meus filhos, minha mulher , minha casa, meus pais

    Comentário de 25-5-2006 @ 12:54 pm

  4. yuri vieira escreveu:

    Caro Sérgio
    Se vc é uma dessas pessoas que elaboram monografias para terceiros, saiba que a situação deste país é perpetuada graças exatamente a pessoas como vc. A quantidade de imbecis, arrivistas e analfabetos funcionais que se formam apenas porque há quem faça seus trabalhos por dinheiro – isto é, prostituindo seu próprio intelecto – é tão grande que muitas pessoas que se esforçaram honestamente para cultivar seus conhecimentos e sua profissão se vêem embaraçados numa competição injusta onde quem tem dinheiro (para comprar além da consciência dos “monografistas” ainda outras consciências) é que se dá bem. Minha empresa, em São Paulo, foi achacada por um fiscal corrupto, desses com diploma de nível superior (terá feito as próprias monografias?), o que nos fez perder todo o investimento e, por fim, o próprio estúdio. Tudo por causa dum simples alvará de reforma que nem sabíamos ser necessário. Será tão difícil perceber que levar vantagem sobre quem tem menos poder é imoral? Se vc não consegue perceber o crime que está a cometer é porque de fato perdeu há muito tempo o senso do certo e do errado, não tem mais consciência moral e deve estar achando completamente normal toda a roubalheira do PT, por exemplo. Sinto muito que vc tenha dependentes para sustentar. Sinto mais ainda por vê-lo corromper-se para fazê-lo. Às vezes nossa vida trava exatamente porque a estamos ganhando de modo anti-ético. Eu não sei qual o nome do crime, não sei se é falsidade ideológica ou sei lá eu, mas vc contribui para que alguém “prove” algo que é falso: que tem determinado conhecimento sobre certo assunto e que, além disso, sabe se expressar e expor teses, idéias e argumentos de forma clara e eficiente. Esse espertalhão que comprou essa monografia não verá limites para sua ambição: com seu diploma de graduação ou título de pós continuará passando mais e mais pessoas honestas para trás, gente que “perdeu” seu tempo… estudando!! Alguém com sua atividade tem o mesmo tipo de atuação dum falsário ou até mesmo dum traficante de drogas. Vc “trafica” pessoas desonestas dum patamar inferior a outro superior, dum status a outro, vc as ajuda a ter mais poder e influência sobre os demais, sem que tenham mérito real para isso. Se sua vida está complicada, saiba que o mundo nos devolve na mesma medida em que damos. Se vc contribui para o incremento da desonestidade, mais espertalhões lhe farão passar dificuldades. Apenas porque vc ajudou a aumentar o seu número. Não acredite que é só gente com falta de tempo que compra monografias. Não seja ingênuo e inconseqüente. Quem é iníqüo no pouco, é iníqüo no muito, já dizia o Mestre. Aliás, sua justificativa é tão boa quanto a de qualquer outro criminoso: eu cometo crimes porque é meu ganha pão, é o ganha pão da minha família. Isso é digno de lástima. Há dois mil e trezentos anos, Sócrates já provava que a vida do injusto e do desonesto não conhece a felicidade. Por isso, espero que uma luz lhe faça perceber que suas ações tem efeitos sobre a vida das pessoas: vc tem responsabilidades. Não é porque vc se limita a escrever sobre sei lá qual assunto acadêmico que está isento de culpa. O problema está no sistema do qual escolheu fazer parte. Se vc não é senão o cabeleireiro do Diabo, não é apenas um cabeleireiro: vc está no inferno. Vc quis ficar no inferno.
    Abraço fraterno!

    Comentário de 25-5-2006 @ 3:18 pm

  5. Rosa Maria escreveu:

    Falou e disse, caro Yuri! Cometi esse crime algumas vezes com a “desculpa” de ajudar a pagar meus estudos! Tal qual uma Lady MacBeth, jamais lavei minhas mãos o suficiente para tirar a nódoa da desonestidade, da corrupção, em nada diferente, a não ser a escala, da que vivenciamos diariamente!
    Meu crime já me rendeu punições bastante, inclusive a perda de um emprego para alguém com um obscuro título de MBA (um dos “trabalhos” foi para tal fim!)… Colhi o que plantei! Isso, no entanto, não me alivia, porque sei que todos os paticipantes desse esquema criminoso emporcalham nossa já combalida sociedade cotidianamente. E eu contribuí com isso um dia! O mea culpa público não expiará meu pecado, mas o meu posicionamente contra essa “atividade” pode ser que sim!

    Comentário de 25-5-2006 @ 7:26 pm

  6. Vinicius escreveu:

    É de vermes como Sérgio, que sobrevive o chiqueiro acadêmico.

    Comentário de 25-5-2006 @ 11:07 pm

  7. yuri vieira escreveu:

    Eu jamais chamaria o Sérgio de verme, Vinícius. Um verme procura alimentar a própria barriga. Já Sérgio entra na luta, meio de viés, mas entra é pra alimentar a família. (É o que ele diz e irei confiar na informação.) Além disso, todos nós estamos expostos à corrupção, não apenas nossos belos exemplares de políticos fake. Por isso, a regra é: “orai e vigiai”. Nosso leitor não é senão um cara que cochila e que ainda não está a fim de se linkar.
    Abração!

    Comentário de 26-5-2006 @ 12:39 am

  8. yuri vieira escreveu:

    Ah, Rosa, a culpa não é senão uma coceira nas consciências, às vezes apenas um neurônio encravado, um indício de que algo saiu errado. Eu também tenho minhas culpas, a maioria já muito bem coçada. Mas é bom saber que uma coisa é ressentimento, outra, arrependimento. Arrepender-se, por haver tomado consciência do erro, é uma libertação. Já o ressentimento é um eterno não perdoar-se e, por isso mesmo, uma eterna busca dum culpado, o qual, obviamente, está escondido atrás dos nossos narizes. E o mais foda: essa diferença é apenas a ponta do iceberg. O problema mesmo é que, enquanto o ressentimento é sem fim, porque vc está só e em estado de busca, o arrependimento só se dá pela presença do Outro Absoluto, saca? 🙂
    O conceito “relação” só passou a existir com a multiplicação da unidade, isto é, com o fim aparente da unidade…

    (Tá na hora de diminuir o café.)

    Besos
    Yuri

    P.S.: Eu estava pensando durante aquela resposta ao Sérgio: a Rosa já não trabalhou com isso? Sim? Não? Não tinha certeza. “Mas foda-se”, pensei, “não é por isso que deixarei de defender os princípios que me norteiam. Se a Rosa… que é minha amiga… então vai me entender…”
    Besos again!

    Comentário de 26-5-2006 @ 12:58 am

  9. Rosa Maria escreveu:

    Quando comungamos dos mesmos princípios, não há como irritarmos-nos uns com os outros! Engraçado você falar assim “trabalhou com isso”! Aumentou o vermelho das minhas bochechas…Nunca tinha visto isso como um “trabalho”, era um bico que chegava a mim vez ou outra e quebrava um galhão, confesso!
    E, sim! Acho que é arrependimento o que sinto, e com direito a mea culpa público, mesmo que isso me seja jogado na cara no meio de uma discussão qualquer sobre ética ou o que o valha! Só me resta agora o “quem nunca pecou…”

    Comentário de 26-5-2006 @ 1:53 am

  10. Fernanda escreveu:

    Olá,

    hoje encontrei este site e qual não foi minha surpresa em encontrar Sergio Vagner por aqui.

    Meu marido trabalhou, contra minha vontade, um tempo para este senhor e ele é um pilantra da pior espécie. Faz alguns trabalhos, mas por muitos recebe sem entregar, dando golpe nos contratantes e também dá calote em quem elabora para ele. E esta história de que sustenta a família é de chorar, o cara é um canastrão.

    Falo pq o conheço. Graças a Deus meu marido parou com este trabalho sujo e agora também faz de tudo para lavar a sujeira das próprias mãos. Trabalha novamente como professor culto é competente que é, lutando contra corjas como esta que aí está no poder.

    Fernanda.

    Comentário de 13-4-2007 @ 3:50 pm

  11. yuri vieira escreveu:

    Como já dizia El Chapolin Colorado, Fernanda: “Lo sospeché desde el principio!!” Agora só falta a PF fazer uma visitinha ao cara. Se não o visitarem jamais é porque algum manda-chuva de lá também há de ser freguês desse malandro. E com o PT no poder, quem duvidaria disso?
    {}’s

    Comentário de 13-4-2007 @ 6:17 pm

  12. Carlos Aberto escreveu:

    Caro yuri

    Não fui você que comprou uma monografia minha.

    Seu ditador, o que tem haver monografia com PT

    tem que colocar é a policia federal no seu pé,pois a incapacidade chegou a perder a firma.

    Comentário de 25-4-2007 @ 5:19 pm

  13. yuri vieira escreveu:

    Caramba, tendo em vista o comentário desse tal Carlos Analfaberto, pergunto: será que preciso dizer mais alguma coisa sobre este assunto?

    Comentário de 4-5-2007 @ 10:18 am

  14. yuri vieira escreveu:

    A listinha aumentou, agora tem também esse tal de seeescritos.com.br. Imagine só fechar uma “empresa” dessas e apreender seus computadores… Imagine escarafunchar as entranhas de seus colaboradores e descobrir quem comprou as monografias e teses ali elaboradas… Imagine cassar os diplomas dessa gente…

    No Brasil, só dá mesmo é pra imaginar: vivemos à margem da lei.
    {}’s

    Comentário de 19-9-2007 @ 9:44 am

  15. Laura escreveu:

    Estava com problema para de tempo pra fazer minha monografia… estava fazendo 10 matérias pra me formar pois havia recebido uma proposta pra trabalhar na Hungria caso me formasse, no meio do desespero, recorri ao site escrevemos.com.br ME FUDI… eles nao respeitaram o prazo, entregaram uma parcial ESCROTA, das 20 e poucas páginas meu orientador cortou 18 e as outras tinham milhoes de erros conceituais… depois que eu paguei a ultima parcela eles nao entregaram a introducao, nem a conclusao e sequer a referencia bibliografica (que era o mais importante!!!!!
    Conclusao, fiz tudo de novo em uma semana, nao foi dificil, apesar do meu desespero!
    Nao aconselho NINGUEM a pagar por essas merdas, só dá dor de cabeça! Nunca me senti tao idiota e enganada…. acabou que minha monografia ficou IRADA, pelas minhas maos…
    Um cara que eu conheço, sabendo que eu tinha me fudido, ainda sim contratou o serviço desses putos, e recebeu o trabalho a tempo porém totalmente copiado de site, com uma introducao de 3 paginas(pra um artigo cientifico, onde já se viu) e uma conclusao TOSCA falando de um assunto NADA A VER com o assunto central… ele deu o mole de mandar o material que o professor tinha rejeitado e os caras aproveitaram TUDO, escreveram na verdade 4 páginas das 10 contratadas e o que foi feito tava uma verdadeira MERDA!!!

    NAO VALE A PENA, nao caiam nesse conto!!! ou caiam pra aprender a sentar a bunda e escrever de verdade sua monografia ou seu trabalho de conclusao de curso!!! NAO EH IMPOSSIVEL!!!!!

    Comentário de 4-7-2008 @ 12:42 pm

Sorry, the comment form is closed at this time.




Add to Technorati Favorites



Blogarama - The Blog Directory








80 queries. 0,560 seconds. | Alguns direitos reservados.