O Garganta de Fogo

blog do escritor yuri vieira e convidados…

Categoria: Política Page 52 of 83

Acredite, senão…!

Abdullah AzisDeixa só essa turma “anti-caricatura do Maomé” encontrar essa HQ do cartunista Abdullah Azis: “Mohammed’s Believe It or Else!” O título é um trocadilho com aquele programa (primeiro de rádio, depois de TV) “Ripley’s Believe It or Not!“, traduzido por aqui como Acredite se quiser. Uma tradução razoável seria: “O ‘Acredite, senão…!’ do Maomé”

O Faithfreedom é um site que já citei algumas vezes. Trata-se de um site de ex-islâmicos que gostam do islamismo mil vezes menos do que qualquer judeu.

Na ilustração acima:

Um anjo não pode entrar numa casa se um cachorro estiver lá. A venda de gatos está proibida. Eles não podem ser animais de estimação.

“Mate todos os cães e gatos!”

Mídia sem Noção

Jesus Cristo e todos os santos me acudam! Alguém, além do Alexandre Soares Silva, viu essa matéria na Folha sobre a emergência da “nova direita”. É preciso reproduzi-la aqui na íntegra, tamanho o disparate. Nessas horas, fica difícil discordar do Mídia sem Máscara e do Diogo Mainardi. Sobrou até pro coitado do Gianetti. Leia a matéria e depois não deixe de ver a hilária crítica do Alexandre a ela.

Ler mais

Lavando a Égua e a Alma

O Persegonha, do Leite de Pato, respondendo a um leitor abusado que, por acaso, era petista:

Petista, meu caro, vi o seu primeiro comentário sobre o FHC (ex-presidente cuja política econômica É RIGORASAMENTE A MESMA DE LULA) e fiquei um pouco estarrecido.

1. Você me chama de reacionário. Foda-se se pensa assim. Talvez eu seja mesmo. Como Nelson Rodrigues, como Churchill, como Paulo Francis e outros, o que muito me orgulha, pois se eles são reacionários, estou do lado certo: da defesa da liberdade de expressão, da democracia burguesa (o que de melhor se inventou em termos de se escolher governos), da livre iniciativa, enfim dessas coisas que transformam, por exemplo, uma Coréia do Sul, que há 50 anos atrás era uma espécie de Haiti da Ásia, num dos países mais ricos do mundo.

Ler mais

Quem vigia os que vigiam os que vigiam?

Não estou sozinho.O Accuracy in Media, ONG americana que monitora a ação da imprensa, também reclamou do tratamento dado pela mídia (no caso, a americana) ao episódio da caçada do Dick Cheney (eu comentei o assunto aqui e aqui).

Fiquei conhecendo esta instituição e seu site pelo post do Yuri sobre Fidel e a morte de JFK. Será que não há uma iniciativa que se proponha este papel que seja realmente neutra? Porque esses camaradas, pelo tom e conteúdo de suas publicações, têm evidentemente inclinação conservadora. Apesar de aparentemente não admitirem isso, são uma espécie de Mídia sem Máscara norte-americano, que vê uma orientação esquerdista – ou, mais que isso, um complô de esquerda – na mídia nacional. Ponto para a versão brasileira, que abertamente expõe sua orientação e motivações.

Ler mais

Sinhozinho Fidel Castro

Voltou à tona a hipótese de Kennedy ter sido assassinado a mando de Fidel Castro. Veja o Telegraph, Accuracy in Media, Der Spiegel e, claro, o Olavo.

Israel lança seu próprio concurso de charges antisemitas

O último lance da sandice liberdade de expressão X muçulmanos é o concurso de charges antisemitas lançado por cartunistas israelenses. Com muito humor, eles não admitem que os muçulmanos possam criar os melhores cartuns antisemitas, conforme a proposta do concurso lançado no Irã. Os organizadores afirmam que:

“We’ll show the world we can do the best, sharpest, most offensive Jew hating cartoons ever published! No Iranian will beat us on our home turf!”

“Mostraremos ao mundo que nós podemos fazer os melhores, mais incisivos e ofensivos cartuns antisemitas jamais publicados! Nenhum iraniano nos vencerá em nosso próprio terreno!”

(Via LLL)

O país do futuro

Segundo o “messias” eleito pela imprensa – agora messias é sinônimo de ativista social (bom, parece que era ou é mais ou menos o que pensam os judeus e por isso não O reconheceram) -, segundo Bono Vox, o

México es el país del futuro, vivan el sueño mexicano… y esta es la banda del futuro”.

Pô, México, U2? Quero dizer, ¿tú también? Estamos jodidos…

Ler mais

Stalinismo Ambiental

Não ando com muito saco pra ficar escrevendo sobre meio ambiente, mas essa merece pela raiva que dá do Estado. Está n’O Eco, um dos melhores veículos de comunicação sobre a matéria.

Muita gente deve conhecer a Fazenda Imperial, no Distrito Federal. Trata-se de uma área de 4 mil hectares absolutamente preservada na qual seus proprietários estabeleceram um bem sucedido empreendimento de ecoturismo. Pois é. E acaba de ser aprovada na Câmara dos Deputados uma ampliação em 14 mil hectares do Parque Nacional de Brasília, o que é muito bom, exceto pelo fato de que, com isso, o Ministério do Meio Ambiente e o Ibama pretendem passar para suas eficazes mãos algo que a iniciativa privada tem preservardo muito bem, obrigado.

Ler mais

Garis e presidentes

Esta carta, supostamente publicada no jornal Zero Hora, de Porto Alegre, e que recebi por email da Gata Lôca (veja mais abaixo), me lembra o que o cantor argentino Facundo Cabral, bromeando, afirmava ter dito a mãe dum presidente argentino dos anos 80:

“Outro dia estive com a mãe do Presidente. Ela me disse: ‘Se eu soubesse que meu filho iria tão longe, eu o teria mandado à escola’.”

Eis a carta do leitor do Zero Hora:

Assunto: Concurso para Varredor de Rua

“Não pude inscrever-me para o concurso público municipal de serviços gerais, pois não tinha segundo grau. Pergunto se é engraçado ou desgraçado o país em que se exige segundo grau para um varredor de rua e não se exige o primeiro grau para ser presidente.”

Lula e os lelés

Época nº404A imprensa anda insistindo muito na resistência da imagem do Lula, que voltou a ser bem aceito em pesquisas de intenção de voto, mas não fala o óbvio: Lula ainda está lá graças ao enorme número de ignorantes deste país. Não dizem que todo povo tem o governante que merece? Pois é, o rei dos ignorantes é apenas o reflexo de sua plebe, que engole as mentiras que lhe impingem.

Lula é que é a cabeça da corrupção petista. Só não engoliu isso ainda ou quem é completamente bronco (a maioria) ou quem tem o rabo preso com a ideologia totalitária dos fidelistas (perseguidores dos infidéis), bolivarianos (isto é, aqueles que querem bolinar-vários-anus), chavistas (seguidores del Chavo del 38) e, por fim sem ser chinfrim, os lulistas, esse bando de gente lelé, essa corja de militantes que, embora sejam uma minoria, são os mais influentes e perigosos.

Livra-nos deles, Chapolim Colorado! Porque não contam com a tua astúcia!

P.S.: Eis um artigo bastante, digamos… bastante mnemônico do Ferreira Gullar: Parece que bebeu! (não é este o título, mas deveria ser).

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén