Arquivo para March, 2006




28/03/2006

Tina Bell Vance

rosa maria lima, 1:56 am
Filed under: Arte,Cotidiano,fotografia


Nada mais a fazer num domingo de inverno no fim-do-mundo que vagar pela internet. Foi assim que descobri a Tina Bell Vance, uma americana meio funesta, mas terrivelmente criativa! As suas fotos e imagens digitalizadas são de uma tristeza tão “atraente”! Observo atentamente uma a uma – coisa difícil para alguém tão dispersa como eu, ainda mais quando olha para uma tela de computador!

Tudo bem! Num dia quente e ensolarado do Planalto Central do Brasil talvez não ofereçam tanto “perigo” aos olhos, mas hoje, aqui, essas figuras fazem todo sentido…

27/03/2006

Síntese

rodrigo fiume, 11:13 pm
Filed under: Política

O fato de o cara mais importante depois do presidente ter cometido o crime de violar o sigilo bancário de um cidadão nos mostra bem que tipo de governo temos, não?

Dá-lhe, Dragão!

pedro novaes, 10:24 pm
Filed under: Esportes

ACG Entrar num grande estádio de futebol desperta em mim um sentimento de reverência religiosa. Não é à toa que nos referimos a eles frequentemente como “templos”. Eu quase me curvo em respeito e ainda sinto no peito o mesmo entusiasmo que me tomava, menino, mão dada com meu pai, adentrando o templo dos templos, o Maracanã. Quem não vivenciou e não se arrepiou com o Maracanã lotado não viveu – as torcidas indo à loucura com a entrada dos times, o chão literalmente tremendo sob o peso da euforia de um gol de Zico. (Continua…)

Osama e o cinema ocidental

yuri vieira, 7:24 pm
Filed under: cinema,Política,Religião

Cada vez que assisto a um desses filmes onde bandidos inteligentíssimos se safam ao final felizes com seus recém adquiridos milhões de dólares, em que homens e mulheres papam um parceiro após o outro como se estes fossem produtos da McDonalds, em que assassinos em série possuem mais fundamentos metafísicos para realizar o que fazem do que os policiais que os perseguem, em que soldados ficam chorando de medo da morte e pirando com a falta de sentido do mundo e do que estão a fazer, e assim por diante, nestes momentos começo a imaginar o que Bin Laden acharia de um filmes desses. Minha conclusão: aposto que ele confirma sua teoria de que o Ocidente – e sobretudo os EUA – são o próprio Diabo mais através do nosso cinema que das nossas atividades políticas. Osama deve dar palestras para seus sequazes enquanto lhes projeta nossas últimas novidades cinematográficas. E digo “nossas” pelo motivo óbvio de que somos ocidentais e de que o cinema brasileiro, de um modo geral, quase pede para que se jogue um avião contra o Morro do Corcovado. E daí, né? Nenhum Artista ocidental parece mesmo se lembrar daquilo que disse o dono do morro…

Eu e o sem-fim

elv peka fluss, 3:20 am
Filed under: amigos,extraordinárias,Viagens

Dois

[1]

Virou-se por todos os lados, procurou, moveu-se, mas nada pôde ver. Olhou os braços, tocou o peito vivo e viu a si. Onde estava o som dentro do sem-fim? Onde está o som, onde está?

Parou de pé sobre o nada, os braços soltos, o olhar à frente. Fechou devagar os olhos e concentrou-se. Sentiu o peito apressado e tornou-o lento. Esperou. Sentiu vagamente o ruído distante, que se tornou mais próximo, mas não abriu os olhos. Ouviu o som atrás de si, o material mexendo, o abrir-se, o fechar-se. Abriu então os olhos e, devagar, virou-se.

Yuri viu o reflexo solitário no nada, a transparência, o retângulo vertical, suspenso. Aproximou-se hesitante, um passo pequeno, outro, mais outro. Viu seu reflexo opaco aproximar-se. Esticou a mão e tocou com os dedos a transparência. Pôs toda a palma nela. Espalmou as duas mãos, percorrendo-a, tocando todas as partes, no meio, em cima, de lado. Atravessou uma das mãos pelo lado e tocou a parte de trás, simultaneamente. Percorreu com os dedos toda a lateral. Passou as mãos sob o retângulo. Não havia maçaneta na porta transparente.

25/03/2006

O problema das profecias

yuri vieira, 4:56 am
Filed under: especulativas,extraordinárias

O maior problema dessas profecias apocalípticas é que sempre surgem com uma antecedência tão grande que, na fatídica data marcada, ou as pessoas já as esqueceram ou, pelo contrário, já acumularam um grau de ansiedade tão grande que quase acabam elas mesmas com o mundo, tal como se deu em algumas partes do planeta na virada do século. (Eu passei os dois últimos réveillons do milênio passado em Alto Paraíso, na Chapada dos Veadeiros, sei do que estou falando.) Logo, acho que é por isso que essa previsão da tal médium Celina me parece das mais interessantes. Li sobre ela, pela primeira vez, num dos comentários do blog Saindo da Matrix. Um gaiato dizia que, segundo essa figura, uma certa “nuvem cósmica” iria em breve dar uma detonada na Terra. E agora parece que a médium foi ao programa do Gasparetto e deu uma explicação mais pormenorizada sobre a história toda. O processo todo supostamente terminará – o processo, não o mundo – em 2025. O mais interessante – e por isso falei sobre o problema das antecipações muito radicais – é que, se ele terminará dentro de 19 anos, irá começar… (quando? quando?) sim, esta semana. Não saiam de casa sem um guarda-chuva (de aço) e não fujam das naves.

Boa semana!

Artigo imperdível da Míriam Leitão

yuri vieira, 12:53 am
Filed under: amigos,Imprensa,Política

A infiltração petista é tão profunda neste país que até este blog já foi invadido. Agora nós temos alguém para fazer elogios à gurua do PT, Marilena Chauí! Cruzes!! Depois eu é que sou o nefelibata, o selenita. Ossos da fraternidade. Na verdade, minha maior loucura é aceitar colaboradores baseado tão somente na amizade, mesmo quando certos amigos têm cobras e lagartos sob o cocuruto. (Não vou nem linkar o texto.) Mas deixa pra lá. Só queria postar este artigo que uma outra amiga, Carol, a Gata-Lôca, me mandou lá do Rio:

Inaceitável

Miriam Leitão, O Globo (24/03/06)

Políticos e jornalistas perguntaram ao ministro Antonio Palocci se ele processaria o seu ex-assessor Rogério Buratti. Sua resposta foi que jamais processaria alguém enquanto fosse ministro, porque não usaria o poder do cargo que ocupa contra um cidadão ou um jornalista. No caso Francenildo, o governo Lula faz muito pior: está usando todo o poder do Estado contra o cidadão. Isso é inadmissível na democracia, mas previsível no governo Lula.
(Continua…)

24/03/2006

O “ato falho junguiano” de Hugo Chávez

yuri vieira, 4:12 pm
Filed under: especulativas,Política

Escudo de Armas da VenezuelaNo Instituto de Artes da UnB, cursei Fundamentos da Linguagem com a falecida professora Nena Leonardi. Embora ela adorasse lembrar fatos tais como sua fuga do Brasil nos anos 1960, seus terríveis dias de exílio, a ocasião em que quase fora fuzilada – salvo engano, no Chile -, sua chegada em Paris em pleno Maio de 1968, as diversas reuniões a que compareceu no apartamento de Sartre e Beauvoir, e assim por diante, apesar de todas essas lembranças, Nena jamais falava de política em suas aulas e, segundo pude perceber, foi uma subversiva mais por amor ao seu marido (um professor de história) do que por paixão a uma ideologia. Nena era uma junguiana e baseava seus estudos de linguagem nessa linha da psicologia. E é por me lembrar de suas aulas que digo: Hugo Chávez cometeu um “ato falho junguiano” ao modificar o Escudo de Armas da Venezuela.
(Continua…)

A causa do tremor

yuri vieira, 12:11 pm
Filed under: Política

Eis a causa do tremor de terra ocorrido ontem em Brasília:

Tinha de ser uma petista – a de-putada Angela Guadagnin (SP) – que comemorava a absolvição de mais um mensaleiro, João Magno (o petista do celular), filho de você sabe quem.

Escritor ou digitador?

yuri vieira, 11:54 am
Filed under: escritores,sites

A respeito da escrita automática de Jack Kerouac, descascou Truman Capote:

“That’s not writing, that’s typewriting”
(Isto não é escrever, é datilografar.)

(Do meu site de biografias de escritores predileto, o Author’s Calendar. Aliás, vá lá e descubra que autor nasceu no dia do seu aniversário. Conforme já escrevi noutra ocasião, curiosamente o único escritor nascido no mesmo dia que eu também se chamava Yuri, mas na forma finlandesa: Yrjö Aukusti Wallin, escritor e orientalista, que esteve em Meca em 1845, anos antes de Sir Richard Francis Burton.)

Sobre abortos, almoços e escolhas

rodrigo fiume, 5:04 am
Filed under: Cotidiano,Educação

Nunca tive em meu ventre nada mais importante que meu almoço.

Pouco tempo atrás, no Estadão, a editoria em que eu trabalhava publicava os temas relacionados ao aborto. Sem exceção, toda reportagem era seguida de cartas e e-mails. O leitor padrão do jornal não é exatamente liberal em relação a comportamentos. Ou seja, as cartas normalmente criticavam a cobertura ou apenas o fato de se dar espaço ao tema.

A editoria era composta por maioria de mulheres. Grandes mulheres, ótimas profissionais. Mas, mesmo na busca utópica pelo debate igualitário (e a maioria o procurava), a cobertura tendia para certo lado, inconscientemente ou não — não sou tão ingênuo; já tive de podar asinhas de repórteres.

O fato é que essa história do almoço me incomodava. Melhor: me incomoda. O que diabos eu sei? (Continua…)

Lá vem ele! O Jazz…

yuri vieira, 3:03 am
Filed under: música,Podcast e videos

Bud Powell “Sweet Georgia Brown” || Bix Beiderbecke “Krazy Kat” || Sarah Vaughan “Nice Work If You Can Get It” || Wes Montgomery “West Coast Blues” || Ben Webster “In The Wee Small Hours Of The Morning” || Dizzy Gillespie “Birk’s Works” || John Coltrane “Naima” || Fats Waller “Alligator Crawl”

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Fonte: Poolside Jazz.

23/03/2006

Que fim levou a Benedita?

elv peka fluss, 11:48 pm
Filed under: este blog

Estava olhando a pesquisa por autor do blog e fiquei pensando: “Quem fim terá tido a Benedita?” Ela está na lanterna entre os participantes, com apenas 1 texto.

Em seguida, vêm o Chun e o Túlio (2 cada), mas este último é recém-chegado. Nossas outras colaboradoras também têm poucos textos: Rosa (3) e Jamila (4).

Tá bom, eu também não sou lá grande participante (15), mas tenho me esforçado. E é sempre bom lembrar que não é a quantidade que vale, etc, etc.

Bem, na verdade, isso tudo aí que escrevi não passa de uma observação, sem questionamentos. A não ser o sobre a Benedita, claro. Alguém aí quer se juntar a mim nesta pergunta?

Seus barraqueiros

pedro novaes, 7:42 pm
Filed under: amigos,este blog

Eu já entendi tudo. Concluí meu experimento científico. A galera que frequenta este boteco gosta mesmo é de se xingar e de ser xingado. Discussão civilizada a *@#!#*&!! Neguinho (e neguinha) gosta mesmo é de discussão inflamada, né? Haja vista o post do Daniel, perguntando honestamente quem paga a conta do liberalismo. E nada. Ninguém respondeu (nem eu, mas é diferente porque eu fiquei de pensar e estou pensando até hoje). Depois, um tema polêmico desses como privatização da água e ninguém nem tchuns. Tá certo. O negócio é afirmar e sustentar pontos de vista até derreter o fígado do adversário, nada mais. Ninguém quer entender de verdade porra nenhuma. Pensamento crítico é coisa pra mariquinhas. (Vou fazer que nem o Yuri e botar um sorrisinho aqui no final pra vocês não virem pegar no meu pé). 😎

A orelha da tartaruga

rodrigo fiume, 3:21 pm
Filed under: Humor,Imprensa

Tá na seção Erramos, de hoje, na Folha:

A espécie de tartaruga tigre-d’água-americano possui manchas vermelhas na cabeça, e não uma orelha vermelha, como informou erroneamente o texto “Tartarugas são retiradas da República” (Cotidiano, pág. C8, 9/3). Tartarugas não têm orelhas.

Intervenção na CEF

pedro novaes, 10:34 am
Filed under: Imprensa,Política

Coluna de Cláudio Weber Abramo hoje no Diário do Comércio de São Paulo:

O episódio envolvendo as declarações do caseiro Francenildo Costa sobre a freqüência do ministro Antonio Palocci a uma casa mantida por integrantes da chamada “república de Ribeirão Preto” está servindo para lançar um pouco de luz sobre duas esferas interdependentes: o processo político brasileiro e a forma como o Estado é gerido. (Continua…)



Page 3 of 11« First...234...10...Last »

Add to Technorati Favorites



Blogarama - The Blog Directory








67 queries. 0.703 seconds. | Alguns direitos reservados.